Postagem em destaque

Acidente de trânsito deixa criança e mulher morta em Bom Despacho

Um acidente na manhã deste domingo (23) deixou uma mulher e uma criança mortos. O acidente entre um veiculo palio e uma carreta aconteceu ...

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Pedreiro tapa buraco da rodovia que vai de Abaeté a Martinho Campos


Estrada fica entre Abaeté e Pará de Minas; local já foi motivo de manifestação. Dnit disse que obras devem começar essa semana.

Por G1 Centro-Oeste de Minas e MGTV

12/12/2017 10h06  Atualizado há 16 horas

Pedreiro tampa buracos na rodovia (Foto: TV Integração/Reprodução)

Cansado de esperar pelo início das obras de melhorias na BR-352, entre Abaeté e Pará de Minas, um morador da região decidiu tampar os buracos da pista por conta própria. O trecho é bastante utilizado para o transporte da produção agrícola e tem sido alvo constante de reclamação dos motoristas.

Os buracos na pista colocam em risco a vida de quem passa pelo local e já foi motivo de manifestação. Em nota, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que uma a empresa que foi contratada para realizar obras nesse trecho recebeu ordem de início dos trabalhos na última sexta feira (8) e que os serviços devem começar nesta semana.

No fim de semana, o MGTV flagrou o pedreiro Romualdo da Silva jogando terra em alguns buracos. De acordo com ele, a iniciativa de tampar a estrada sozinho veio depois de quebrar o carro pela segunda vez. Romualdo realizou o trabalho em cerca de dois quilômetros da rodovia.

“Todo dia tem carro quebrado no meio da estrada e a gente não aguenta mais. Estou tampando os buracos para ver se melhora”, disse ele.


Motoristas sofrem com buracos em estrada federal

O produtor rural Ângelo Vasconcelos conta que chegou a estourar dois pneus de uma só vez ao passar pela BR-352. “Fiquei na estrada aguardando o socorro e tive o prejuízo de mais de R$ 1.000”, contou.

O problema é antigo e, em alguns casos, motoristas precisam invadir a pista contrária para desviar. “Essa situação de má qualidade da rodovia se arrasta há anos. Existe um trecho de aproximadamente 70 quilômetros que se inicia após a ponte sobre o Rio Pará em Pitangui, passa pelos distritos de Albert Isaacson e Ibitira, em Martinho Campos, e segue até Abaeté, que está intransitável”, disse o deputado federal Jaime Martins (PSD/MG) durante uma reunião no fim do mês passado com o diretor geral do Dnit, Valter Casimiro Silveira, para solicitar melhorias.

Manifestação

Moradores  pedem a  supressão de vegetação às margens da rodovia, bem como manutenção dos dispositivos de drenagem. O prazo do contrato é de dois anos. O trecho contemplado vai de Abaeté (km 353) a Pará de Minas (km 485).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.