Postagem em destaque

Corpo de mulher é encontrado com facadas e queimada atrás do SESC de Bom Despacho

Durante operação de combate à incêndio em uma fazenda localizada atrás do Sesc de Bom Despacho o corpo de uma mulher foi encontrado carboni...

sábado, 9 de dezembro de 2017

Comoção no enterro do segundo Policial que deu a vida para proteger Pompeu.


O corpo do cabo da Polícia Militar (PM) Lucas Reis Rosa, de 27 anos, foi sepultado na manhã deste sábado (9) no Cemitério Municipal de Martinho Campos. Sob forte comoção, a Polícia prestou as últimas homenagens ao cabo, que foi atingido por disparos de fuzil na madrugada do dia 5 durante ação de criminosos em uma agência bancária de Pompéu.


O militar foi atingido por dois tiros de fuzil, um na região abdominal e outro no braço direito. Desde o dia 5, o cabo estava internado no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Ele passou por dois procedimentos cirúrgicos e sofreu amputação total do braço ferido no dia 6.


A morte do militar foi anunciada na manhã desta sexta-feira (8). A PM informou que o cabo teve reações inflamatórias graves, pós-cirúrgicas ao trauma.




Ação criminosa




Cerca de 15 pessoas, em quatro carros, cercaram o quartel da Polícia Militar em Pompéu na madrugada de terça-feira. Os criminosos atiraram com fuzis e tentaram trancar as grades do quartel com correntes. A polícia revidou com tiros.


No mesmo momento, outra parte do grupo explodiu a agência do Banco do Brasil na região central da cidade. Viaturas se aproximaram e dois policiais foram baleados.


O cabo Osías Alves de Barros, de 33 anos, foi atingido na cabeça e morreu no local. O cabo Lucas Reis Rosa, de 27 anos, foi atingido nas costas e na virilha e o morador Alisson dos Reis Pinheiro, de 22 anos, passava pela região e também foi baleado e morreu no local.




Prisões




Quatro suspeitos do ataque à agência do Banco do Brasil em Pompéu foram presos no dia 5. O comandante da 7ª Região da Polícia Militar (RPM), coronel Helbert Carvalhaes, informou que dois foram presos em um posto de gasolina em Moema. Os outros dois estavam no trecho da BR-494 entre Pará de Minas e São Gonçalo do Pará.


A polícia não informou a idade nem as circunstâncias da prisão dos suspeitos, que foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Pompéu. A prisão preventiva dos suspeitos foi pedida na madrugada do dia 6.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.