Postagem em destaque

Vitima morta em Bom Despacho tinha só 15 anos e se chamara Ingridi, diz Policia.

A Policia Civil de Bom Despacho identificou nesta segunda a vitima encontrada morta com diversas facadas e com o corpo queimado. Segun...

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Homem de Bom Despacho é preso suspeito de roubar 640 sacas de café

Foram recuperados 640 sacas de café em coco e 13 sacas de café beneficiado, quatro veículos, celulares e outros objetos.

Publicado em 25/08/2017

Foto: Patrocínio Online.

Há meses vinham ocorrendo furtos de café na Fazenda Sinhá, localizada próximo ao Povoado de Chapadão de Ferro, município de Patrocínio. Após receber a queixa, investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos de Patrocínio iniciaram as investigações e prenderam 7 envolvidos. Foram recuperados 640 sacas de café em coco e 13 sacas de café beneficiado, quatro veículos, celulares e outros objetos.

O fato

Um produtor rural compareceu à Delegacia de Patrocínio e relatou que a propriedade rural, Fazenda Sinhá em Chapadão de Ferros, zona rural de Patrocínio (MG), foi alvo de diversos furtos de café em coco nos últimos três meses. Os crimes ocorriam no meio da lavoura e no terreirão de café. Os suspeitos eram moradores do arraial próximo, chapadão de ferro, e moradores de um assentamento dos "sem terra", vizinho à propriedade.

Com essas informações os policiais civis, através do Delegado Dr.Moacyr e os investigadores Abel, Rafael, Toninho e Léo foram até ao local e encontraram Monacir Nunes de Jesus, 23 anos, juntando café do chão e ensacando. Ele foi detido e em entrevista confessou que vinha furtando a fazenda por 15 dias, diariamente, na companhia de outros comparsas, que não quis revelar o nome, apenas relatando que quem o levou até a fazenda para cometer os furtos foi um indivíduo conhecido por "Bazé" e o mesmo pagava cerca de R$200,00 a diária para furtarem o café para ele.

Junto de Monacir havia 6 sacas de café em coco, recém catadas. Continuando as diligências pelo cafezal, os policiais civis depararam com diversas pessoas praticando furto, em pleno dia, porém ao tentar capturá-los, eles perceberam os policiais e evadiram. Durante o trabalho, a equipe da PC percebeu que um dos veículos utilizados pelos autores era um VW Gol de cor prata.

Os civis foram até o arraial de Chapadão de Ferro e tiveram sucesso em localizar um carro com as características semelhantes ao do veículo utilizado na fuga e próximo ao veículo cerca de 30 sacas de café em coco. O veículo estava aberto e nele havia diversos vestígios de café em coco, sacos e ferramentas para juntar e embalar o café, porém a casa se encontrava fechada.

Cerca de 45 minutos depois, Alex Aparecido dos Santos, 31 anos, natural de Bom Despacho (MG) chegou ao local em uma motocicleta Yamaha YBR azul, sem placa e de chassi picotado, demonstrando muito nervosismo. Os investigadores o questionaram e Alex entrou em contradição diversas vezes. Neste momento a mãe de Alex compareceu ao local e confessou a participação do filho em furtos.

Com autorização de Alex, os detetives analisaram seu celular, onde no mesmo havia diversas conversas via aplicativo WhatsApp, confirmando sua participação nos furtos ocorridos na Fazenda "Sinhá" na companhia de Adeon Damasceno Machado, 41 anos, conhecido como Adeon "Goiano", Wagner Moreira da Silva, 33 anos, natural de Patrocínio (MG) e Marcos Lúcio Martins, 35 anos.

De acordo com os policiais, os furtos ocorriam frequentemente, mas na última semana vinham ocorrendo diariamente. Diante das provas, Alex confirmou sua participação e dos demais presos no furto de hoje e no dos dias anteriores. Enquanto os policiais estavam na residência de Alex, se aproximaram Vagner e"Goiano" que foram entrevistados pelos investigadores,  e os mesmos não tiveram outra alternativa diante das evidências também confirmaram sua participação no furto de hoje e no de ontem.

"Goiano" indicou o local onde estaria grande parte do café furtado, sendo no assentamento dos "sem terra", indicando os veículos utilizados no transporte do café, sendo um Chevrolet/ C10.  Já Vagner utilizava-se de um VW/Gol prata. No assentamento, os policiais civis também identificaram mais dois autores de furtos, sendo José Maria dos Santos, 58 anos, natural de Bom despacho (MG) e seu filho Anderson da Silva Santos, 31 anos, natural de Serra do Salitre. Eles também confessaram a participação nos crimes.

A operação culminou com a apreensão de uma motocicleta, 3 automóveis, os celulares utilizados pelos autores, ferramentas utilizadas para juntar e embalar o café, recuperadas cerca de 640 sacas de café em coco e 13 sacas de café beneficiado e conduzidos 7 autores de furtos da Fazenda Sinhá e imediações.

Após contato e autorização do delegado de plantão, os investigadores nomearam um responsável da Fazenda Sinhá para que ficasse com todo material recuperado na condição de depositário fiel, visto que o prédio da Depol  não dispõe de estrutura adequada para armazenar os produtos. Os veículos foram encaminhados para o pátio credenciado.

Fonte: Patrocínio Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.