Postagem em destaque

Candidatos por vaga no concurso da PMMG

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Cão dorme em porta de hospital por 8 dias à espera de dona que morreu


Vídeo mostra animal em MS. 'Não saía de jeito nenhum', diz recepcionista.
Idosa ficou internada entre os dias 22 e 26; cachorro continuou esperando.

Do G1 MS
Um cachorro dormiu durante oito dias na porta de uma unidade hospitalar de Sidrolândia, a 64 quilômetros de Campo Grande, à espera da dona, uma mulher de 82 anos. Internada no dia 22 de julho, a idosa morreu no domingo (26) e, mesmo assim, o cão continuou esperando na entrada do hospital Dona Elmíria Silvério Barbosa.
Segundo um funcionário do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a idosa tinha bronquite asmática e constantemente precisava receber atendimento. “A gente ia buscá-la direto em casa e o cachorro sempre estava lá. Ela foi encaminhada para o hospital e provavelmente o cachorro acompanhou um familiar e ficou por lá mesmo”, contou.
Cachorro ficou na porta do hospital por oito dias (Foto: Reprodução/ Greice Batista da Silva)Cachorro ficou na porta do hospital por oito
dias (Foto: Reprodução/ Greice Batista da Silva)
A recepcionista da unidade, Olga Caroline Baldin, disse ao G1 que o animal não saía da porta por nada. "Ele olhava para dentro como se estivesse esperando alguém e não ia embora. Ele ficava de prontidão, olhando para dentro, à espera, era impressionante. Tinha hora que as pessoas tinham que pular para entrar no hospital, porque ele não saía de jeito nenhum”, relatou.
Wanda Camilo é diretora do hospital e afirmou que se sentiu em uma cena de filme. "Muitas pessoas querem adotá-lo, muitas pessoas vieram até mim para querer levar o cachorro, recebi muitas ligações. Até um médico nosso quis adotar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.