Postagem em destaque

Crianças do meio rural vão ficar sem transporte para a escola em Pompeu.

O Presidente da Câmara Municipal de Pompeu, Vereador Paulo do Bar, afirmou nesta sexta feira (16) que a Secretaria da Educação informou na...

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Confundido com Policial Jornalista é agredido por bandidos durante reportagem, se fosse Policial estaria morto.

Repórter ficou com ferimentos leves na cabeça e nos braços.
Ele preparava reportagem sobre falta de moradias e invasões.

O repórter Henrique Soares, do G1 Rio, foi feito refém por criminosos durante a apuração de uma reportagem na Avenida Itaoca, em Bonsucesso, por volta do meio-dia desta segunda-feira (10). Ele foi solto depois de cerca de 40 minutos, com ferimentos leves na cabeça e nos braços.
Soares estava preparando uma reportagem sobre falta de moradias e invasões de terrenos e áreas abandonadas no Rio. Ao chegar ao local, uma fábrica abandonada que foi invadida, um representante da associação de moradores disse que haveria uma operação policial e que não seria um bom dia para conversar.
O repórter estava indo embora quando foi abordado por dois homens e levado para dentro do galpão. Ele foi agredido na cabeça e nos braços com um pedaço de pau, levou uma coronhada e teve celular e relógio roubados. Os bandidos suspeitavam de que o repórter fosse um policial. Ele foi liberado com a aproximação da polícia e depois que representantes da associação de moradores relataram que ele era de fato um jornalista.
O repórter foi atendido na UPA da Nova Brasília e prestou depoimento à polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.