Postagem em destaque

Caminhão da Micapel explode após bater em guarita da Polícia Rodoviária Federal, em Neves

Um caminhão bitrem pegou fogo após colidir em uma guarita da Polícia Rodoviária Federal na manhã deste domingo no km 507 da BR-040, no ba...

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Candidato a presidente do brasil quer acabar com a PM que teria levado a "Genocidio"

Mauro Iasi participou da série de entrevistas com presidenciáveis do G1.
Ele também pregou o fim da Polícia Militar, que, afirmou, levou a 'genocídio'.


Mauro Iasi em entrevista ao G1 (Foto: Caio Kenji/G1)Mauro Iasi no estúdio do G1 com os jornalistas Tonico
Ferreira e Nathalia Passarinho (Foto: Caio Kenji/G1)

Mauro Iasi se disse favorável ao fim da Polícia Militar porque, segundo ele, a corporação se baseia "na lógica do inimigo" e provocou um "verdadeiro genocídio" contra negros e pobres.
"A política de segurança pública no Brasil repete o tripé endurecimento penal, repressão e encarceramento. Essa fórmula faliu. Não responde ao problema. A PM é uma corporação militar, baseada na lógica do inimigo. Isso tem gerado no Brasil um verdadeiro genocídio, principalmente na população negra e pobre das favelas", declarou.
mauro iasi final entrevista ao g1 (Foto: Caio Kenji/G1)Mauro Iasi durante a entrevista (Foto: Caio Kenji/G1)

Ao final da entrevista, os jornalistas pediram ao candidato respostas "sim" ou "não" para perguntas num formato "pinga-fogo". Dentre essas respostas, ele se disse a favor do sistema de cotas e da legalização da maconha e contra a redução da maioridade pena e ao fim do estado de Israel. Depois, fez as considerações finais.

Um comentário:

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.