Postagem em destaque

Caminhão da Micapel explode após bater em guarita da Polícia Rodoviária Federal, em Neves

Um caminhão bitrem pegou fogo após colidir em uma guarita da Polícia Rodoviária Federal na manhã deste domingo no km 507 da BR-040, no ba...

sábado, 19 de julho de 2014

Viajou: Policial mata ladrão após este ter atirado contra a vitima

Crime ocorreu na tarde desta sexta-feira, no Centro de Divinópolis.
Homem chegou a sacar arma contra dono de joalheria mas foi surpreendido.

Anna Lúcia Silva Do G1 Centro-Oeste de Minas
Crime parou o Centro da cidade em Divinópolis (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)Crime parou o Centro da cidade em Divinópolis
(Foto: Anna Lúcia Silva/G1)
Um dos suspeitos de assaltar uma joalheria morreu e outro foi preso na tarde desta sexta-feira (18), na Avenida Primeiro de Junho, no Centro de Divinópolis. Segundo a Polícia Militar (PM), os dois homens fugiram e foram perseguidos pelo próprio dono da loja, que derrubou um deles. O outro suspeito sacou um revólver e, chegou a disparar na mão da vítima, foi quando ele foi alvejado pelo tiro de um policial federal que passava no local no momento do crime.
A perícia foi acionada e se deslocou para o cruzamento da Avenida Primeiro de Junho com a Rio de Janeiro. As lojas na região onde houve a troca de tiros fecharam mais cedo. Os comerciantes ficaram assustados com a correria de policias e o barulho dos disparos. "Fechamos mais cedo porque ficamos com muito medo. Vimos quando tudo começou e por isso encerramos. É horário de pico e isso aumenta ainda mais o estresse, muita correria e muito medo", diz a gerente de uma loja, Graziele Aparecida Silva.
Até as 18h30 desta sexta-feira, a ocorrência ainda estava em andamento. Mais de cinco viaturas da PM e pelo menos 25 policias, entre civis, militares e federais, foram para local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.