Postagem em destaque

Pai pede socorro para encontrar filho desaparecido desde setembro em Pompeu

O Sr. Antonio pediu ao blogue para divulgar o desaparecimento do seu filho Jhony que ocorreu em setembro de 2018. A moto usada pelo desa...

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Primeiro fuzil brasileiro é Mineiro mas em breve provavelmente estará nas favelas do Rio.

O modelo 5,56 IA2 é produzido na Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) em Itajubá, no Sul do estado

Publicação: 29/12/2013 08:26 Atualização:

A indústria bélica nacional ganhou uma novidade tecnológica este ano. O primeiro fuzil 100% brasileiro é fabricado em Minas Gerais. O modelo 5,56 IA2 é produzido na Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) em Itajubá, no Sul do estado. O primeiro lote-piloto foi entregue em fevereiro, com 1.500 armas e o uso foi autorizado pela Portaria 211, de 23 de outubro de 2013. 

 (Divulgação Imbel)O fuzil de assalto pode atingir um alvo a 600 metros de distância e pode dar mais de 600 tiros por minuto. É uma arma mais leve que outros fuzis, tendo pouco mais de três quilos. Ele vem para substituir o modelo FAL, ainda usado pelas Forças Armadas Brasileiras. 


A Imbel é uma empresa pública, vinculada ao Ministério da Defesa/Comando do Exército. Além de Itajubá, há fábricas em Piquete, (SP), Juiz de Fora (MG) e Magé (RJ). Os novos fuzis já foram comprados pelo Exército e algumas polícias do Nordeste, Espírito Santo e São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.