Postagem em destaque

Câmara apresenta relatório de CPI e Vereadores afirmam que encontraram provas de desvio de dinheiro publico

Em uma sessão longa foi lido o relatório final da CPI que investigava irregularidades que teriam sido cometidas pelo Secretario do Esporte...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Homem morre após ser baleado na porta do Fórum Lafayette.

Suspeitos do crime seriam os responsáveis pela morte de um sargento no mês passado em um supermercado durante uma tentativa de assalto

Um homem morreu após ser baleado na porta do Fórum Lafayette, no Barro Preto, região Centro-Sul da capital, no fim da tarde desta terça-feira (12). A vítima saiu pela portaria da avenida Augusto de Lima e entrou em um táxi, onde foi alvejada.
 
Segundo a Polícia Militar, Rafael Henrique Zerlotini Gomes, de 22 anos, participava de uma audiência, na qual era réu, por conta da briga entre duas gangues nos bairros Floramar e Jardim Felicidade, na região Norte. Assim que entrou no táxi, ele foi atingido por cinco de seis disparos feitos por Diego Marques Moreira, 23. Com o suspeito foi apreendida uma pistola 765.
 
Rafael chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada no hospital de Pronto-Socorro João XXIII. 
 
De acordo com a delegada Ingrid Miranda, duas testemunhas que estavam com Rafael no táxi disseram em depoimento que Diego colocou a arma dentro do carro e efetuou os disparos. O suspeito será autudo por homicídio doloso, com pena de 12 a 30 anos de reclusão.
 
A imprensa Diego disse que já planejava o crime há dois meses, e que matou para vingar a morte de um primo. O suspeito disse ainda que a vítima vinha ameaçando sua mãe com uma arma.
Nesta terça, antes de ser morto, Rafael participava de audiência pela morte do primo de Diego, da qual ela era réu, e aguardava julgamento em liberdade.
 
A assessoria do Fórum Lafayette informou que só será possível apurar os detalhes do processo que a vítima participava nesta quarta-feira (13), e reafirmou que o assassinato ocorreu do lado de fora do Fórum. 
 
Outro crime
De acordo com a Polícia Militar, Diego estaria envolvido no assassinato do sargento Silmar Pereira Silva. O crime aconteceu no dia 18 de outubro em um supermercado no bairro Jardim Guanabara, durante uma tentativa de assalto. O sargento tentou reagir e acabou morto pelo trio com um tiro na cabeça.
 
Rafael chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada no hospital de Pronto-Socorro João XXIII. A assessoria do Fórum Lafayette informou que só será possível apurar os detalhes do processo que a vítima participava nesta quarta-feira (13), e reafirmou que o assassinato ocorreu do lado de fora do Fórum. 
 
Fonte: O Tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.