Postagem em destaque

Caos se instala no saneamento e na limpeza publica de Pompeu.

O blog compareceu nas imediações da Praça de Esportes de Pompeu onde o esgoto esta refluindo e correndo pelas imediações. Na Rua Inácio Co...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Pericia está sucateada em Minas.

Perícia com poucos recursos.
“Aqui o estado de greve é todo dia”. O desabafo foi feito por um perito criminal da Polícia Civil de Minas ao analisar a sobrecarga de trabalho gerada pela falta de profissionais para desempenhar a função. Além dos poucos agentes que atuam no Instituto de Criminalística, faltam equipamentos e, algumas vezes, os servidores tiram dinheiro do próprio bolso para comprar material. Como O TEMPO mostrou ontem, 33% do orçamento total destinado a área de segurança pública foi executado no primeiro semestre de 2013 – percentual considerado por analistas como o mínimo aceitável. Entre as políticas mais prejudicadas pela escassez de recursos estão justamente as perícias, em que o item com maior execução não chega a 6% .

No caso da perícia técnico-científica, dos quase R$ 2 milhões previstos, apenas R$ 33 mil foram repassados até junho, 1,7% do total. Apesar do baixo investimento, a meta de realização de perícias já foi praticamente alcançada. Quase 97% das 198 mil perícias esperadas para 2013 foram concluídas.

Segundo o presidente do Sindicato dos Peritos Criminais de Minas, Wilton Ribeiro, isso ocorre porque os agentes não deixam de fazer o trabalho, mesmo sem as condições ideias. “O laudo é feito e entregue, mas sem a infraestrutura necessária, a perícia fica prejudicada”, critica.

Ribeiro reclama que o Estado não conta, por exemplo, com um scanner de varredura, que fotografa o local que está sendo periciado por todos os ângulos possíveis e facilita a elucidação dos crimes.

Prédio. A Secretaria de Estado de Defesa Social prepara a construção de um novo edifício em Belo Horizonte, que integre todas as ações de perícia. Porém, a execução dessa integração também está parada.

Dos quatro projetos com esse objetivo que deveriam estar concluídos neste ano, só um foi realizado. Já dos mais de R$ 22 milhões previstos para a integração, apenas R$ 19 mil foi investido, menos de 0,1%.
Melhoria
Autonomia.
Em 2003, o Plano Nacional de Segurança Pública recomendou autonomia da perícia para garantir melhorias. Dezoito Estados seguiram a recomendação – Minas não está entre eles.
Entenda
- Relembre.
Na edição de ontem, O TEMPO mostrou que das 88 ações em segurança analisadas pela Assembleia Legislativa, 30 não receberam verba no primeiro semestre de 2013. Outras 31 tiveram execução abaixo de 20%.

- Por vir. Somando o que falta investir nas 61 ações, o valor é de R$ 741 milhões.

- O que é. Execução orçamentária é a relação entre os investimentos previstos no orçamento e o que realmente é concretizado. Especialistas explicam que no início do ano é natural que a execução seja baixa, por causa de procedimentos como licitações e até mesmo avaliação das receitas do governo.


A dois anos atrás o Fantástico da rede globo mostrou as condições precárias da Pericia no Brasil, de la para ca alguma coisa mudou mas ainda aquém do nescessaário e o Perito mineiro que participou do programa mostrando a realidade está respondendo a uma sindicância na corregedoria por ter mostrado a realidade do trabalhos dos Peritos mineiros.
Veja a matéria no abaixo .

























Fonte: O Tempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.