Postagem em destaque

Caos se instala no saneamento e na limpeza publica de Pompeu.

O blog compareceu nas imediações da Praça de Esportes de Pompeu onde o esgoto esta refluindo e correndo pelas imediações. Na Rua Inácio Co...

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Banco de Alimentos de Formiga é referência para Poméu.

Pompéu e Oliveira envia secretários para conhecer o trabalho de perto.
Cerca de 12 mil pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa.


Visitas buscam informações sobre o projeto  (Foto: Divulgação/Prefeitura de Formiga) 

O Banco Municipal de Alimentos Maria Athanázia de Freitas na cidade de Formiga tem se tornado referência em toda a região. Representantes de Pompéu e Oliveira foram os mais recentes visitantes a conhecerem de perto esse projeto que beneficia até 12 mil pessoas por mês.
O banco de alimentos foi criado em 2007. Ou seja, acaba de completar seis anos. A encarregada de serviços e de captação de alimentos, Adriana Regina Flávio de Oliveira, trabalha nesse estabelecimento desde 2009. Ela explica que a função do banco é atender pessoas em estado de insegurança alimentar, por meio de entidades socioassistenciais do município. São, em média, 40 entidades atendidas por semana, incluindo Santa Casa de Caridade, Asilo São Francisco de Assis, Creche Apromid, Centro Espírita Lázaro, Apae, Patronato e outras. Entre dez mil e 12 mil pessoas são atendidas todo mês.

O banco recebe doações alimentos e também produtos adquiridos pelo município de agricultores familiares, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar. Em seguida, faz o repasse dos produtos às entidades. A quantidade de alimentos chega a cerca de cinco toneladas por semana.

“É uma iniciativa muito importante, porque atende tanto o pequeno produtor, que consegue vender seus produtos e aumentar sua renda, quanto a pessoa que necessita de apoio para ter uma alimentação de qualidade”, comentou Adriana Regina Flávio de Oliveira.
Cidades como Pompéu (em agosto) e Oliveira, nesta terça-feira (17)  já enviaram seus secretários de Indústria e Comércio e de Desenvolvimento Social, respectivamente, para conhecer o trabalho realizado pelo Banco de Alimentos.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social de Oliveira, Maria José Patrício, ficou encantada com o trabalho realizado. “O Banco de Alimentos é maravilhoso e fiquei admirada com o trabalho. Todos os alimentos são de alta qualidade e o padrão de limpeza é muito bom. Outro ponto de destaque é o engajamento do quadro de funcionários, o que é muito importante para desenvolver qualquer trabalho. Pude perceber que, além do compromisso profissional, os servidores têm um compromisso muito grande com o trabalho social. Tudo é feito com muito amor. É, sem dúvida, uma grande referência para a região e o que encontramos ficou acima das nossas expectativas”, comentou.
Em Minas Gerais, outras 62 cidades estão batalhando para conseguirem ser beneficiadas. Esses municípios aguardam posicionamento do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Entre os requisitos para participar, está ter uma central de recebimento de alimentos. Formiga cumpre essa exigência por meio do Banco de Alimentos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.