Postagem em destaque

Caminhão da Micapel explode após bater em guarita da Polícia Rodoviária Federal, em Neves

Um caminhão bitrem pegou fogo após colidir em uma guarita da Polícia Rodoviária Federal na manhã deste domingo no km 507 da BR-040, no ba...

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Novas Notícias da Lei Orgânica: Em reunião com a Direção do SINDPOL/MG Chefe de Polícia confirma e reforça o apoio integral ao texto de consenso e sua aprovação na ALMG



Em importante reunião com o Chefe de Polícia Dr. Cylton Brandão e a Chefe de Gabinete Drª. Ana Claudia, o Presidente Denilson Martins e o Diretor José Maria Cachimbinho, debateram sobre pontos importantes da greve, e as definições do PLC23/2012 que trata da Lei Orgânica. O Presidente Denilson Martins  informou ao Chefe da Polícia, do estado de apreensão da categoria com as últimas informações a respeito do posicionamento de alguns lideres dos Delegados novatos em estado probatório, contra a aprovação do texto e pela retirada de pauta do mesmo.
O Chefe de Polícia declarou que a categoria deve ficar tranquilizada e resgatar a confiança na Administração Superior da Polícia, pois o acordo firmado será cumprido e não tem nenhum motivo para que o projeto discutido entre as Entidades de Classe, Governo, Chefia e Assembleia Legislativa não seja aprovado da forma republicana, democrática e transparente com a qual até aqui se conduziu. São mais de 14 anos de profícuo debate, com encontros e desencontros e que finalmente agora chegamos a um consenso. No tocante as ações isoladas estas estão sendo observadas e as medidas necessárias serão tomadas. Disse que o diálogo entre Chefias e Entidades de classe sempre estará aberto e que são importantes e  salutares as ações realizadas dentro dos princípios da ética, da legalidade, da moralidade e do respeito a Instituição Polícia Civil e que as ações das entidades de classe tem sua legitimidade previstas no texto da Constituição Federal e a Chefia de Polícia em seu nome respeita.
O Presidente Denilson Martins também debateu sobre as ações isoladas de alguns Chefes de Departamento em reprimir o movimento grevista que tem transcorrido dentro da normalidade e da legalidade.
O Chefe de Polícia disse que se tem algum gestor  da Administração Superior agindo dessa maneira não o faz em seu nome, pois como Policial Civil, servidor público e Chefe da PCMG não lhe é facultado inobservar a lei que garante o funcionamento das Entidades Sindicais bem como os princípios da liberdade de expressão e moralidade pública e quem assim não agir deverá prestar contas  dessas ações isoladas com os órgãos de controle interno, externo ou até com Poder Judiciário. Acrescentou que o que se aplica ao Sindicato, também se aplica a todos os gestores.
Ao final da reunião a Direção do Sindicato e o Chefe de Polícia manifestaram o compromisso de caminharem juntos pela aprovação do projeto de Lei Orgânica acolhendo as alterações feitas em consenso pelas Entidades de Classe e também após essa aprovação realizarem todas as ações necessárias para colocarem esta importante legislação em prática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.