Postagem em destaque

Crianças do meio rural vão ficar sem transporte para a escola em Pompeu.

O Presidente da Câmara Municipal de Pompeu, Vereador Paulo do Bar, afirmou nesta sexta feira (16) que a Secretaria da Educação informou na...

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Em greve há quase dois meses, policiais civis acampam na ALMG.



Um grupo de 60 pessoas montou barracas no pátio da Assembleia Legislativa para pressionar os deputados estaduais a votar a revisão da Lei Orgânica da Polícia Civil




Policiais civis, em greve há quase dois meses, protestam nesta quarta-feira no pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Cerca de 30 pessoas estão acampadas no local desde a 0h. A intenção da categoria é pressionar os deputados estaduais a colocar em pauta a revisão da Lei Orgânica da Polícia Civil, que define o plano de carreira da corporação.
 
“Estamos aguardando o posicionamento da Casa. Queremos a votação do projeto que reestrutura a carreira, aumenta o quadro de efetivo, adequando à necessidade do estado. A Polícia Militar, os Bombeiros e até os agentes penitenciários já tiveram a aprovação”, explica Denílson Martins, Presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindpol/MG).

Os policiais pretendem continuar o protesto até que a lei seja colocada em pauta. Para isso, irão fazer um rodízio. A cada dia, delegacias de cada região de BH e de cidades mineiras ficarão responsáveis pela vigília. Nesta quarta-feira, investigadores de Juiz de Fora e outros municípios da Zona da Mata fazem a manifestação. “O atendimento está precarizado desde 10 de junho, com o funcionamento de apenas 30 % da capacidade das delegacias”, afirma.

De acordo com a categoria, alguns deputados informaram que farão o possível para atender a reivindicação dos Policiais.
Fonte: http://www.em.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.