Postagem em destaque

Atenção pompeano, você está sendo filmado

Olho Vivo: 20 câmeras instaladas em Pompéu Até dezembro, serão 23 câmeras de vídeo monitoramento em tempo real. Em reunião do Gabinete...

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Com a PC em greve PM passa a investigar e descobre fabrica de crak no centro oeste.

Uma pessoa foi presa e 12 quilos da droga apreendida durante a operação policial. Houve perseguição e troca de tiros.

Publicação: 02/08/2013 09:50 Atualização:

Uma fábrica de crack foi descoberta na tarde desta quinta-feira, em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas. Uma pessoa foi presa e 12 quilos da droga apreendida. A casa onde a cocaína pura era transformada em crack foi localizada durante uma operação da Polícia Militar (PM), que averiguava denúncias sobre o tráfico de drogas no Bairro Maria Helena. Houve perseguição e troca de tiros.


Segundo informações da PM, os militares que trabalharam nesta operação estavam à paisana, ou seja, nenhum deles vestia a farda. Ainda assim, os traficantes reconheceram os policiais e começaram a atirar. Os militares revidaram e os bandidos tentaram fugir pela mata que cercava o local. Um dos suspeitos, de 23 anos, foi capturado. Os outros envolvidos conseguiram fugir e estão sendo procurados pela PM.



Cães farejadores estiveram na operação e encontraram uma porção de maconha escondida em meio à mata. Além disso, os militares localizaram materiais utilizados na fabricação do crack, duas balanças de precisão e facões. Onze tabuleiros, com aproximadamente 1 quilo de cocaína pura, estavam estendidos ao sol. 



A busca pelos outros suspeitos continua. O rapaz de 23 anos, preso durante a operação, foi levado ao Pronto Socorro Regional (PSR). Ele havia se machucado durante a fuga. Em seguida, o suspeito foi encaminhado para delegacia e conduzido ao Presídio Floramar.

9 comentários:

  1. POLICIA É POLICIA, INDEPENDENTE SE É CIVIL OU MILITAR, A POPULAÇÃO Ñ TEM CULPA SE O SALARIO TA RUIM OU SE Ñ TEM EQUIPAMENTOS PARA TRABALHAREM, ISSO FICA POR CONTA DO GOVERNO. ESSA BAGUNÇA, GREVE DESORGANIZADA, QUE A CIVIL VEM FAZENDO Ñ ESTÁ AFETANDO EM NADA NO GOVERNO. FICA COM CIUMES DA MILITAR Ñ, VAO TRABALHAR, POIS TEM MUITA COISA HA SER INVESTIGADA NA REGIAO.

    ResponderExcluir
  2. absurdo!! aff.. inconstitucional

    ResponderExcluir
  3. A Polícia Civil fazer greve não tem nada de inconstitucional. Olha a Constituição que vc confirma isso. E em segundo lugar, a maior reinvindicação da greve da PC não é salário, mas sim melhores condições de trabalho. A PM tem viatura nova e reposta quando precisa. Minha delegacia tem duas baixadas e três funcionado cheio de problemas. Coletes não tem para todos e os poucos estão vencidos. Munição também não tem. Chegou dez para delegacia depois que solicitamos. E daí em diante. Então não falem para não fazermos greve pois cada um sabe de seus problemas

    ResponderExcluir
  4. acho que o colega que começou com "polícia é polícia" iria pensar um tiquim diferente se os salários da PC e PM não fossem vinculados... afinal, a gente é que consegue aumento salarial pra eles com nossas greves, e um pouquinho de inteligência (só um pouquinho de nada mesmo) por parte da PM já os ajudaria barbaridade...

    mas deixa pra lá, o suscesso de cada um é proporcional ao próprio intelecto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      vc merece uma boa risada colega, vcs conseguem aumento, quando isso aconteceu?
      vai trabalhar so, talvez o governo enxerga o valor d vcs, fica com ciúmes do trabalho da PM ñ viu. outra coisa a PM ñ precisa da pc para fazer greve ñ.

      Excluir
  5. Acho um saco essa guerrinha de merda entre PM e PC. Se uma das intutições esta jogada as baratas não é culpa do sd fulano nem do tenente cicrano , muito mesno do detetive ou do escrivão , a responsabilidade é do executivo e do legislativo mineiro que esta cagando e andando para esse bando de tapados . Enquanto voces ficam nessa bobagem as cupulas se beijam e se amam em prol de privilegios pessoais bando de trouxa . Não é maltratando o colega PM ou PC que voce vai conseguir mudar alguma coisa pois ele é como voce so quer levar o sustento para a familia e que se exploda o resto .

    ResponderExcluir
  6. E A PM fez a investigação e depois? fez o APFD? há há há, claro que não; não tem competência para fazer investigação que é da POLÍCIA CIVIL....
    USURPAÇÃO DE FUNÇÃO PÚBLICA... total falta de entendimento da Lei...
    PM é PM
    POLÍCIA CIVIL É QUEM INVESTIGA... até que mude a Constituição Federal

    ResponderExcluir
  7. Os Policias Civis, estão de greve por se encontrarem trabalhando numa Instituição que se encontra totalmente sucateada, desvalorizada e com o mesmo efetivo há mais de 10 Anos. Salientando ainda que desde minguado efetivo da PC/MG, mais 20%, esta para se aposentar agora no 2013, ai fica fácil alguns cabeças de abóbora, tecer comentários contra os policiais Civis, pois do seu lado a PM/MG, dentre muitas atribuições é usurpações é a guarda Ariana do governo Anastasia, contingente enorme,bem equipada e Valorizada, mas não preparada para ser uma Policia Investigativa.Cada um no seu quadrado ou seja cada Instituição cumprindo o papel dela, PM/MG, Policia ostensiva tem o papel de previne o crime antes que ele aconteça, PC/MG, Investigação após o fato ter acontecido, simples assim e o que ta escrito na Constituição Federal do Brasil...

    ResponderExcluir
  8. Realmente a culpa e do governo do PSDB que vem sucateado a PC em todos os Estados que é governo. Como do de São Paulo. É uma politica burra. Investir numa corporação, no caso a PM, porque na cabeça deles dá mais visibilidade política.
    Ora o PM fardado pelas ruas e viaturas novas, são como ruas asfaltas e praças bonitas, para os políticos.
    Já a PC, na cabeça deles, é como investir em saneamento básico, ninguém vê.
    Por sua vez, os efeitos são os mesmos, o não investimento em saneamento básico aumenta as doenças e aumenta os gastos hospitalares.
    Não investir na PC aumenta a criminalidade na sua fonte.
    O correto é investir proporcionalmente nas duas instituições. E cada uma cuidar de suas atribuições.
    A greve desorganizada que um PM menciona acima é a mesma greve iniciada em 2011 que proporcionou, impulsionou reajuste para toda a segurança pública até 2015. Obviamente com a pressão, das outras associações, mas quem colocou a cara foi a PC.
    O que buscamos são melhores condições de trabalho, para justamente atender a população que não tem conhecimento do que ocorre na política e nada tem a ver com isto; e que merece segurança pública de qualidade.

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.