Postagem em destaque

Fofão leva pedrada na cabeça em Pompéu.

Em uma confusão com bêbados que estavam em um bar no bairro Loteamento em Pompéu quem levou a pior foi o personagem Fofão que acompanha...

sexta-feira, 7 de junho de 2013

PM mata colega que tentava evitar assalto a onibus

O cabo da Rotam à paisana teria tentado conter um assalto a um ônibus na avenida Hélio Prates, na altura da QNL 30, Taguatinga

Legistas fazem perícia no local do assassinato do cabo Osmar, em Taguatinga (Lula Lopes/Esp.CB/D.A Press)
Legistas fazem perícia no local do assassinato do cabo Osmar, em Taguatinga

Um policial militar (PM) do Batalhão da Rotam à paisana foi morto por um outro policial militar na noite dessa quarta-feira (5/6). O cabo Osmar Catarino Júnior teria tentado conter um assalto a um ônibus na avenida Hélio Prates, em Taguatinga.

De acordo com o cobrador do coletivo, quando o ônibus parou próximo à QNL 30 para deixar passageiros, um homem entrou, anunciou o assalto e mandou o motorista seguir. O carro de Catarino teria fechado o ônibus para conter o assalto. Testemunhas indicaram que uma equipe da Rotam chegou ao local e atirou no PM nas costas por engano. Catarino chegou a ser levado para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), mas não resistiu aos ferimentos.

O caso é investigado pela Corregedoria da PM. Em nota, a corporação informou que "todo o apoio foi e está sendo dado aos familiares pelo comando da PMDF do Departamento Operacional e do Batalhão de Rotam, bem como por inúmeros companheiros que estiveram no HRC".

Estudantes baleados
Em abril, a PM afastou três policiais que mataram por um engano um estudante em Ceilândia. José Chaves Alves Pereira, 27 anos, estava no banco do passageiro de um Fiat Uno vermelho, quando foi baleado na cabeça. Segundo as investigações, os PMs teriam confundido o carro com um um outro da mesma cor e do mesmo modelo, que foi roubado durante um sequestro relâmpago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.