Postagem em destaque

Atenção pompeano, você está sendo filmado

Olho Vivo: 20 câmeras instaladas em Pompéu Até dezembro, serão 23 câmeras de vídeo monitoramento em tempo real. Em reunião do Gabinete...

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Justiça autoriza e delegado suspeito de matar namorada a dar sua versão na ALMG



O corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Audebert Delage Filho, aceitou o pedido dos deputados estaduais e autorizou a presença do delegado na próxima segunda-feira


Publicação: 05/06/2013 15:31 Atualização: 05/06/2013 16:38

Delegado segue preso na Casa de Custódia do Policial Civil, no Bairro Horto (Reprodução Facebook)
Delegado segue preso na Casa de Custódia do Policial Civil, no Bairro Horto

O delegado Geraldo Toledo, suspeito de ter disparado o tiro que matou a adolescente Amanda Linhares dos Santos, de 17 anos, vai ter a oportunidade de se defender das acusações. O corregedor-geral da Justiça, o desembargador Luiz Audebert Delage Filho, autorizou a presença do policial em uma audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que vai discutir o caso na próxima segunda-feira. A Justiça já havia negado por duas vezes o pedido da Comissão de Direitos Humanos. Nesta quarta-feira, a ex-namorada de Toledo foi enterrada no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, em Conselheiro Lafaiete, Região Central de Minas Gerais.

Para o deputado Durval Ângelo (PT), a presença do delegado será importante para esclarecer o homicídio. “Acho que primeiro o Toledo vai poder dar a sua versão do crime. Ele não se diz inocente, então vai ser a hora de ele esclarecer os fatos e apresentar a sua defesa. Também poderemos questioná-lo sobre os outros processos administrativos aos quais responde”, afirma o deputado.

A presença do policial também foi confirmada pelo corregedor-geral da Polícia Civil, Renato Patrício Teixeira, que enviou ofício à Comissão de Direitos Humanos da Assembleia nessa terça-feira, autorizando Geraldo Toledo a comparecer à audiência. Nenhum advogado do delegado foi encontrado para comentar o assunto.

Em 9 de maio, a Comissão de Direitos Humanos realizou uma audiência em que o deputado Durval Ângelo leu uma carta de Geraldo Toledo. Nela, o policial afirma que era alvo de perseguição por desafetos na polícia. No documento, ele também contou como conheceu a adolescente, dizendo que ela seria uma pessoa problemática.

Parentes e amigos da adolescente prestaram as últimas homenagens à ela nesta manhã (Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Parentes e amigos da adolescente prestaram as últimas homenagens à ela nesta manhã


Família cobra punição O corpo de Amanda foi enterrado na manhã desta quarta-feira em Conselheiro Lafaiete, Região Central de Minas Gerais, cidade onde mora parte da família dela. A jovem morreu na noite de segunda-feira, após 51 dias internada por causa de um tiro na cabeça. Os familiares, muito emocionados, prometeram acompanhar o caso para que o policial não fique impune como em outros processos que respondeu na Justiça.

Uma prima de Amanda disse que a família alimentava a esperança de que ela fosse se recuperar, mas a jovem teve febre e sofreu uma parada cardíaca. Segundo a prima, a morte pegou todo mundo de surpresa, pois estavam esperando a saída dela do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.