Postagem em destaque

Prefeito de Pompeu se reúne com outros 16 afetados pelo rompimento da barragem em Brumadinho

Encontro foi realizado com o objetivo de buscar soluções e minimizar os impactos nas cidades; uma comissão foi criada. Por Marcela Mesqui...

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Banda podre: Oito policiais civis são presos suspeitos de vender carteiras de habilitação


Os suspeitos, dois escrivães e seis investigadores, trabalhavam na Delegacia Regional de Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha. Segundo denúncias, eles recebiam de R$ 800 a R$ 1500 por cada aprovação nos exames de direção

Publicação: 05/06/2013 17:50 Atualização: 05/06/2013 18:48
Oito policiais civis suspeitos de vender carteiras de habilitação estão presos na Casa de Custódia da Polícia Civil, no Bairro Horto, Região Leste da capital, desde segunda-feira. De acordo com a corporação, as investigações apontaram o patrimônio dos policiais como incompatível, uma vez que são donos de carros luxuosos, fazendas e imóveis de alto padrão. Os suspeitos se apresentaram à Corregedoria Geral da PC depois que a Justiça expediu mandado de prisão temporária após investigação realizada em Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha.

Os policiais, dois escrivães e seis investigadores trabalhavam na Delegacia Regional de Pedra Azul e atuavam como examinadores da Circunscrição Regional de Trânsito ( Ciretran ) do município, que também atende outras cidades da região. No dia 27 de maio, uma equipe da Corregedoria da Polícia Civil cumpriu 15 mandados de busca e apreensão nas residências e propriedades rurais dos policiais investigados.

Os veículos dos suspeitos passaram por exames de perícia e diversos documentos foram apreendidos. As investigações constataram discrepâncias no patrimônio dos policiais, que possuem carros luxuosos, fazendas com cabeças de gado e imóveis em construção com material de alto padrão. Segundo denúncias realizadas durante as apurações, os policiais recebiam de R$800 a R$ 1500 por cada aprovação nos exames de direção, com pagamentos feitos por instrutores de autoescolas no dia do teste.

De acordo com a Corregedoria, as diligências tiveram início há seis meses e vão prosseguir aguardando os laudos periciais. Os próximos passos serão ouvir depoimentos de testemunhas e pessoas envolvidas e buscar a identificação dos instrutores e donos de autoescolas que supostamente participaram do esquema.

A prisão dos supostos envolvidos é de caráter temporário e tem prazo de cinco dias. O prazo para conclusão do inquérito é de 30 dias e os policiais poderão ser indiciados por corrupção. Neste caso, eles vão responder administrativamente por transgressão disciplinar, podendo ser até expulsos da Polícia Civil.

2 comentários:

  1. SERÁ QUE SOMENTE POLICIAIS DAS MENCIONADAS CLASSES ESTAVAM ENVOLVIDOS. PARA FAZER TAL PATRIMÔNIO LEVA UM TEMPO. E DELEGADO OU DELEGADOS?

    ResponderExcluir
  2. Experidião, bom dia. Lhe pediria para direcionar o site do Sindicato SINDETIPOL www.sindetipolminas.org em seu blog, bem como, o meu blog cleversonboim.blogspot.com. Estarei em breve, fazendo o mesmo com seu blog.
    Meu e-mail é boimfamily@yahoo.com.br
    Saudações
    Cleverson

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.