Postagem em destaque

Fofão leva pedrada na cabeça em Pompéu.

Em uma confusão com bêbados que estavam em um bar no bairro Loteamento em Pompéu quem levou a pior foi o personagem Fofão que acompanha...

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Fraude; Peritos da PC de Minas vão averiguar painel eletrônico que marcou presença de Vereador que esta nos Estados Unidos no dia da reunião.


Publicação: 22/05/2013 13:10 Atualização: 22/05/2013 13:50
Uma equipe de delegados e peritos da Polícia Civil estiveram nesta quarta-feira na Câmara para começar as investigações a pedido do Ministério Público  (Leandro Cury/EM/D.A Press)
Uma equipe de delegados e peritos da Polícia Civil estiveram nesta quarta-feira na Câmara para começar as investigações a pedido do Ministério Público

Delegados e peritos da Polícia Civil estiveram, nesta quarta-feira, na Câmara Municipal de Belo Horizonte para começar as investigações envolvendo fraude no painel eletrônico da Casa, ocorrida em três sessões do início deste mês. Apesar de estar em viagem aos Estados Unidos, o vereador Pablito (PSDB) teve a presença marcada no controle digital da Casa, que só pode ser acessado mediante senha individual. Pablito nega que tenha repassado o próprio código para terceiros.

O delegado-chefe da Divisão de Fraudes da Polícia Civil, Vicente Ferreira, informou que a presença dos policiais na Casa era o primeiro passo das investigações para começar a entender o funcionamento do plenário da Câmara. Peritos fizeram, nesta quarta-feira, simulações na marcação do painel eletrônico e recolheream imagens do plenário nos três dias em que a presença de Pablito foi registrada ilegalmente. O delegado responsável pelo caso, Guilherme Costa, acrescentou que, por enquanto, não há nada para revelar sobre o caso. Ele também não quis adiantar em qual crime a fraude já comprovada pode ser enquadrada. 

Costa disse apenas que Pablito e todos que estiveram em plenário nos dias em que as fraudes ocorreram serão intimados a prestar depoimento. Costa não informou a data prevista para as intimações. Além dos dois delegados, também acompanharam a diligência, o delegado designado pelo Ministério Público para acompanhar o caso, Alcides Costa, e também dois peritos de imagem e vídeo e um de informática. 

As investigações da Polícia Civil acontecem depois que o presidente da Casa, vereador Léo Burguês (PSDB), entregou o caso para o Ministério Público de Minas Gerais investigar, que, por sua vez, acionou a corporação policial do estado.

Nesta quarta, o Estado de Minas mostrou com exclusividade as imagens do plenário da Câmara quando da ocorrência da fraude.

Publicação: 22/05/2013 06:00 Atualização: 22/05/2013 14:30
Para confirmar o comparecimento na reunião, cada vereador tem que digitar sua senha em uma das
máquinas instaladas em uma gaveta de cada posto parlamentar (conjunto de mesa e cadeira) do plenário
 (Túlio Santos/EM/D.A Press)
Para confirmar o comparecimento na reunião, cada vereador tem que digitar sua senha em uma das máquinas instaladas em uma gaveta de cada posto parlamentar (conjunto de mesa e cadeira) do plenário

Um comentário:

  1. Aqui em Minas com este comando do PSDB,agora também na prefeitura BH e camara, a Pres é do PSDB acontece de tudo, menos democracia plena, aqui virou província. Em Pompéu ficamos sem delegado(a) mais de 4 meses, juiz de direito quase somente substituto, a cadeia pública super-lotada,E tem pompeano esperando o asfalto de Pompéu a Papagaios, Ábaeté por dentro, silva e represa 3 marias. E mais para lembrança este fato de pianista oculto já aconteceu na assembleia e lá foi pior foram 3 votos sem a presença dos deputados. A imprensa mineira infelizmente comprada, o Jornal Estado de minas é praticamente um panfleto Tucano.

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.