Postagem em destaque

Bueiro sem tampa provoca perigo no centro de Pompéu

terça-feira, 28 de maio de 2013

Corrida da paz dispersada a tiros em favela pacificada no Rio.



 
Tiroteio assusta público e atrasa largada do Desafio da Paz, no Complexo do Alemão
 
Poucos minutos antes do início do Desafio da Paz, terceira edição da corrida que acontece no Complexo do Alemão, foram ouvidos tiros, que teriam sido disparados do alto da Vila Cruzeiro, na Penha. O evento, marcado para as 8h, começou com uma hora de atraso.

Após o tiroteio, um helicóptero da Polícia Militar sobrevoou a área com fuzis para analisar se ainda havia perigo para o início da corrida. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, era aguardado no Complexo do Alemão para liberar a largada do Desafio da Paz. Apesar de seu atraso, Beltrame conseguiu participar da corrida e é acompanhado por um segurança durante o trajeto.

O incidente não assustou a todos os participantes do desafio que estavam no Complexo do Alemão aguardando o início do evento.

- Vi muita gente indo embora depois do tiroteio, mas provavelmente é gente que não mora aqui e não está acostumado com isso. Eu estou acostumando e não me assustei. Sinto que aqui as coisas estão mais seguras depois da UPP - disse o aposentado Jorge, de 55 anos, que participa da corrida pela terceira vez.

Tiroteio na corrida da paz

Logo que chegou ao Complexo do Alemão, Beltrame foi conversar com José Júnior, coordenador do AfroReggae, e com policiais do Bope para entender a situação.

Beltrame conversa com José Júnior, do AfroReggae: secretário de Segurança do Rio vai participar do Desafio da Paz

Segundo testemunhas, as rajadas duraram cerca de cinco minutos e assustaram o público. Houve correria, e um dos organizadores do evento pediu para as pessoas se abaixarem e ficarem próximas das paredes. Cerca de 2 mil pessoas estão no local.

Tráfico ordenou fechamento do comércio

O clima de insegurança que tomou conta do Complexo do Alemão e da Penha durante essa semana, devido à morte do traficante Anderson Simplício de Mendonça na quarta-feira e ao fechamento do comércio e escolas da comunidade.

Na sexta-feira, parte do comércio amanheceu fechado, pelo segundo dia seguido. O Colégio Estadual Tim Lopes abriu pela manhã, mas, segundo a direção, fechou à tarde por conta da baixa frequência. À noite, alguns estabelecimentos continuavam fechados. O clima de insegurança se refletia no comportamento dos comerciantes, com medo de se identificarem ao falar com a imprensa.

- Ontem (sexta-feira), não dava para abrir por causa da morte do traficante. Outros comerciantes vieram falar comigo e fiquei em casa. Hoje, ninguém sabia o que fazer. Por isso, preferi abrir só à tarde - contou um dono de bar que não quis se identificar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.