Postagem em destaque

Atenção pompeano, você está sendo filmado

Olho Vivo: 20 câmeras instaladas em Pompéu Até dezembro, serão 23 câmeras de vídeo monitoramento em tempo real. Em reunião do Gabinete...

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Policia Civil de Minas não vai mais carregar defunto


Empresas interessadas devem se inscrever para participar de sessão pública no dia 7 de maio
18/04/2013 13h49
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
DA REDAÇÃO
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
  • Notícia
  • Comentários(2)
  • Compartilhe
  • Mais notícias
A
A
FOTO: SAMUEL AGUIAR - 1.7.2012
Minas vai ter mais 30 rabecões
Deve ser iniciada, ainda neste semestre, a terceirização dos rabecões de Minas Gerais. Segundo a Polícia Civil, as empresas interessadas em oferecer o serviço devem se cadastrar para participar de uma sessão pública agendada para o dia 7 de maio.
O edital estabelece que a empresa interessada deve ser uma funerária e possuir pelo menos três veículos devidamente adaptados para a remoção de cadáveres e com o máximo de dez anos de fabricação. O serviço deverá ser prestado por um motorista e um ajudante. “O edital, que teve a aprovação da Advocacia Geral do Estado (AGE), prevê os direitos e as sanções a que as empresas estarão sujeitas. O custo por remoção é de R$ 92,00 e 
existe prazo para a remoção, assim como estão estabelecidos 
critérios objetivos para definir eventuais inadimplência e má 
execução do serviço”, explica a assessora técnica da Superintendência 
de Planejamento, Gestão e Finanças (SPGF) da Polícia Civil, Carla Regina Barbosa. 
A região metropolitana de Belo Horizonte foi dividida em quatro regiões
 classificadas, pelo edital, em lotes que englobam os municípios a serem
 atendidos. A empresa só pode se credenciar para prestar o serviço se
 estiver localizada em uma das cidades do respectivo lote. “O custo de
remoção é o mesmo para toda a Grande BH e foi definido pela média
obtida numa consulta de preços a empresas do ramo”, esclarece Carla Regina.
As empresas interessadas devem se cadastrar na sala 6 do 4º andar do
Edifício Minas, conforme edital publicado nesta quinta-feira (18). O documento
 está disponível em www.compras.mg.gov.br.
Compra de 30 novos rabecões 
A Polícia Civil concluiu a licitação para compra de 30 novos rabecões. 
A empresa vencedora já assinou o contrato e agora começa a cumprir o 
prazo estipulado para a entrega dos veículos. Eles devem começar a rodar
 no segundo semestre para atendimento a municípios da Grande BH e 
interior do Estado. Nesta semana, o chefe da Polícia Civil de Minas, Cylton Brandão
 reuniu-se com os policiais responsáveis pela operação dos rabecões. Atualmente, 
seis “rabecões” estão disponíveis para o serviço na região metropolitana, 
sendo um especificamente para Betim. 
Além das ocasiões em que a demanda é ampliada, a permanente necessidade
 de manutenção mecânica dos veículos pode resultar em atrasos na prestação
do serviço à população. “A terceirização é uma solução moderna em termos de
gestão e vai servir para complementar e ampliar o serviço que já é feito, fazendo
com que a Polícia possa atuar de forma mais ágil e eficaz”, afirma o chefe da
Polícia Civil, Cylton Brandão da Matta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.