Postagem em destaque

Caos se instala no saneamento e na limpeza publica de Pompeu.

O blog compareceu nas imediações da Praça de Esportes de Pompeu onde o esgoto esta refluindo e correndo pelas imediações. Na Rua Inácio Co...

terça-feira, 16 de abril de 2013

Paixão e tragedia: Delegado que atirou em adolescente foi preso na capital e pode perder o cargo



A polícia garante que ainda hoje o delegado será conduzido para a Casa do Policial Civil, unidade prisional da instituição
15/04/2013 17h11
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
FERNANDA VIEGAS
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
  • Notícia
  • Comentários(2)
  • Compartilhe
  • Mais notícias
A
A
A Polícia Civil de Minas Gerais acaba de confirmar a prisão do delegado Geraldo Toledo, de 40 anos, suspeito de ter disparado um tiro na cabeça da adolescente L.A.S., de 17 anos. A jovem seria a namorada do acusado, que teria cometido o crime, segundo a Polícia Militar, em uma estrada que liga a cidade de Ouro Preto ao distrito de Lavras Novas, na região Central do Estado, onde, segundo relatos de familiares da vítima, ela e o acusado teriam passado o dia juntos. A adolescente é natural de Conselheiro Lafaiete.
A polícia garante que ainda hoje o delegado será conduzido para a Casa do Policial Civil, unidade prisional da instituição. O texto da nota também explica que o delegado pode perder o cargo.
"Ele (Geraldo Toledo) foi preso na tarde desta segunda-feira (15), ao se apresentar na Corregedoria-Geral, em Belo Horizonte, depois que a Justiça havia expedido mandado de prisão temporária pelo envolvimento do delegado no caso em que a menor L.A.S., de 17 anos, foi baleada. Geraldo Toledo, suspeito de efetuar o disparo, responde a outros procedimentos na Corregedoria da Polícia Civil e, em pelo menos um deles, pode ser punido com a demissão do cargo, conforme prevê a lei".
Toledo atuava na Delgacia de Atendimento ao Idoso e ao Deficiente Físico, na capital.
Entenda o caso
O delegado Geraldo Toledo Neto, 40, é acusado de tentar matar a namorada, uma adolescente de 17 anos. O suspeito é apontado como o responsável pelo tiro que acertou a cabeça de L.A.S., que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ouro Preto, na região Central de Minas Gerais, por volta de 19h50 da noite desse domingo (14). De acordo com a Polícia Militar da cidade, o crime teria ocorrido em uma estrada que liga a cidade ao distrito de Lavras Novas, onde, segundo relatos de familiares de L.A.S., vítima e acusado teriam passado o dia juntos. A adolescente é natural de Conselheiro Lafaiete, também na região Central do Estado.
A corporação recebeu denúncia anônima de que havia um carro de cor escura parado na região e ocupado por um casal, que estava brigando. Horas depois, os policiais foram acionados por funcionários da UPA, que informaram sobre a entrada da adolescente.
Na unidade de saúde, os militares ficaram sabendo que L.A.S. tinha sido levada até ao local por um homem, que estava em um Peugeot 307 preto e afirmou aos atendentes que a garota havia tentado se matar. Após o atendimento médico da adolescente, o suspeito disse para os funcionários da UPA  que iria até a delegacia registrar o ocorrido e voltaria. Porém, o homem não retornou, o que levantou a suspeita dos profissionais da área da saúde, que pediram ajuda para a polícia.
Segundo o capitão Paulo Henrique do 52º Batalhão da Polícia Militar de Ouro Preto, foi possível confirmar que o Peugeot 307 apontado pelos atendentes da UPA esteve no local. O carro foi reconhecido por meio de consulta de imagens gravadas pelas câmeras de segurança de um posto de combustível que fica perto da unidade de saúde.
Devido ao grave estado de saúde, L.A.S. teve que ser transferida para o Hospital Pronto Socorro João XXIII, na capital mineira, onde está internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). A garota já passou por cirurgia para retirada da bala e respira com o auxílio de aparelhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.