Postagem em destaque

Atenção pompeano, você está sendo filmado

Olho Vivo: 20 câmeras instaladas em Pompéu Até dezembro, serão 23 câmeras de vídeo monitoramento em tempo real. Em reunião do Gabinete...

sábado, 16 de março de 2013

Policial Civil é preso depois de atirar em traficante em Minas

Policial afirma que o tiro foi acidental e vai responder ao crime por meio da Justiça comum.


Um policial civil de 28 anos foi detido depois de atirar em um traficante, na noite dessa quinta-feira (14), na cidade de Iturama, no Triângulo Mineiro. O policial afirma que o tiro foi acidental e vai responder administrativamente na Corregedoria que poderá pedir prisão preventiva alem de indiciar o servidor.

De acordo com a Polícia Militar (PM), que também acompanhou a ocorrência, o disparo acertou um suspeito, de 26 anos, abordado dentro de uma casa que seria ponto de vendas de drogas. A vítima foi socorrida em estado grave e levada para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

A ocorrência começou quando cinco pessoas foram conduzidas pela polícia suspeitas de tráfico de drogas. Um dos suspeitos afirmou que levaria os policiais até o endereço onde ele comprou a droga. Os civis entraram na casa e abordaram os suspeitos. No local foi encontrado um tablete de maconha.

Um dos policiais ordenou que o suspeito colocasse a mão na parede, quando o tiro acertou acidentalmente a cabeça do traficante. O policial afirmou que a arma, uma espingarda calibre 12, disparou sozinha. Ele foi detido e a arma apreendida.

O policial deve responder por lesão corporal culposa, quando não há intenção de matar, e, se o suspeito morrer, por homicídio culposo.

Bom Despacho.

Em Bom Despacho um Delegado responde na corregedoria por ter sido " mau educado" com a mãe de um menor que havia sido preso com grande quantidade de drogas, a mulher denunciou o Policial na Corregedoria segundo ela o Delegado teria afirmado em tom de voz elevado que o filho dela era um "vagabundo" A casa correcional determinou a apuração da acusação, neste casso o Delegado terá de parar todo seu trabalho de apuração para se dedicar a sua defesa pois, caso seja considerado culpado poderá ser punido com suspensão e perder o direito a promoções futuras.
Delegado Magno Cesar ao lado do Diretor Sindical Experidiao Porto sendo entrevistado
pelo Radialista Carlos da Radio Difusora Bom-despachense o trabalho firme do
Delegado deixou traficantes e seus familiares nervosos., 

2 comentários:

  1. É BRINCADEIRA! UM POLICIAL PASSAR POR UMA SITUAÇÃO DESSAS, POR CAUSA DE UM TRAFICANTE, UM MALANDRO, QUE TANTO MAL FAZ AO USUARIO E AS FAMILIAS1 qUE PAIS É ESSE QUE POLICIA VIRA BANDITO POR ESTAR CUMPRINDO SEU DEVER.

    ResponderExcluir
  2. .. o cara ta na policia e nao sabe nem manejar uma arma...tem que expulsar ele...arruma outra profissão

    ResponderExcluir

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.