Postagem em destaque

Atenção pompeano, você está sendo filmado

Olho Vivo: 20 câmeras instaladas em Pompéu Até dezembro, serão 23 câmeras de vídeo monitoramento em tempo real. Em reunião do Gabinete...

segunda-feira, 11 de março de 2013

Chefe do 7º Departamento de Polícia Civil afirma que Delegacia Regional de Nova Serrana está longe de acontecer.



Foi realizada na manhã de quarta-feira (7) reunião da Integração e Gestão de Segurança Pública - Igesp, formada por autoridades das polícias civil e militar, e contou com a participação de representantes de órgãos que atuam na segurança publica da região, tais como o Consep e representantes dos poderes
Executivo e Legislativo de Nova Serrana e Perdigão. No entanto, dos executivos das duas cidades, apenas o vice-prefeito de Perdigão marcou presença. Representando a Polícia Civil, o delegado regional de Bom Despacho, Ivan José Lopes, e o chefe do 7º Departamento de Polícia Civil, com sede em
Divinópolis, Alexandre Andrade de Castro participaram do evento. A reunião aconteceu na sede
da 28ª Companhia Independente da Polícia Militar, e contou com a presença do seu comandante, major Levy, além de oficiais lotados em Nova Serrana. Também a delegada titular do 7ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Serrana Elenita Batista e o delegado Rodrigo Noronha. Durante quase três horas, as
autoridades discutiram os problemas existentes na cidade em termos de segurança pública e buscaram formas de amenizar e conter os índices de criminalidade na região. A 7ª Delegacia de Polícia Civil
de Nova Serrana atualmente é subordinada à 2ª Delegacia Regional de Bom Despacho, responsável também por outras 21 cidades. Durante a inauguração da nova sede da Polícia Militar, em dezembro
de 2012, foi anunciado pelo então secretário de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, Lafayette Andrada, que a delegacia de Nova Serrana seria elevada a Delegacia Regional de Polícia Civil até este
mês de março do mesmo ano, passando a responder pela comarca de Nova Serrana, que abrange as cidades de Perdigão e Araújos, e pela Comarca de Pitangui, que respondem por Papagaio, Maravilhas, Conceição do Pará, Leandro Ferreira e Pitangui, sua sede. No entanto, ao que parece, a afirmação não passou de mais uma promessa política, demonstrando falta de compromisso com a solução para a triste realidade local. De acordo com Alexandre Andrade de Castro, para que a delegacia torne-se regional
seria necessário contar com pelo menos cinco delegados, três médicos legistas, três peritos criminais, e um número bem maior de escrivães, investigadores e servidores. “Se não for assim, a teremos apenas no papel, continuando a depender da regional de Bom Despacho”. Alexandre afirmou ainda que este mês, Nova Serrana “poderá” receber mais um delegado, recém-aprovado no curso de formação, o que é
pouco para uma cidade que registra diariamente uma média de cinco assaltos à mão armada, e pelo menos um roubo de veículo, sem contar os crimes contra a vida. Esse ano já foram sete assassinatos e pelo menos cinco tentativas frustradas. Crimes de ordem sexual, furtos, arrombamentos e pequenos delitos, que enchem a delegacia e exigem trabalho em dobro, sobrecarregando os profissionais.
Em contato com o diretor regional da Sindpol – MG, Experidião Porto, este se declarou favorável e considerou de suma importância a instalação da delegacia regional em Nova Serrana, tendo em vista que das 22 cidade que compõem a regional de Bom Despacho, nenhuma possui um índice de criminalidade que se assemelhe a Nova Serrana. Ele afirmou ainda que não é preciso ter os profissionais para compor a delegacia regional, mas sim ter a delegacia, para que estes profissionais sejam deslocados para atuar
em Nova Serrana e resolver o problema da violência que se arrasta há anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço de comentários do blog são moderados. Não serão aceitas as seguintes mensagens:
Que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; acusações sem provas, citando nomes de pessoas, se deseja fazer algum tipo de denúncia envie por e-mail que vamos averiguar a veracidade das denúncias, sendo esta verdadeira e de interesse coletivo será divulgada, resguardando a fonte.
Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; Que caracterizem prática de spam;
Fora do contexto do blog.
O Blog do Experidião:
Não se responsabiliza pelos comentários dos freqüentadores do blog;
Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;
Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;
Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.