Postagem em destaque

Prefeito de Pompeu se reúne com outros 16 afetados pelo rompimento da barragem em Brumadinho

Encontro foi realizado com o objetivo de buscar soluções e minimizar os impactos nas cidades; uma comissão foi criada. Por Marcela Mesqui...

quarta-feira, 20 de março de 2019

Prefeito de Pompeu se reúne com outros 16 afetados pelo rompimento da barragem em Brumadinho

Encontro foi realizado com o objetivo de buscar soluções e minimizar os impactos nas cidades; uma comissão foi criada.


Por Marcela Mesquita, MG2

19/03/2019 19h45 Atualizado há 4 horas




Prefeitos de municípios afetados pelo rompimento da barragem em Brumadinho se reúnem em Pará de Minas — Foto: Reprodução/TV Integração



Os prefeitos de 17 municípios que foram afetados pelos rejeitos de lama que atingiram o Rio Paraopeba após o rompimento da Barragem 1 da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, se reuniram nesta terça-feira (19) em Pará de Minas para buscar soluções e minimizar os impactos nas cidades. Uma comissão foi criada.


Na segunda-feira (18), a Vale assinou um Termo de Ajustamento de Condutas (TAC) com a Prefeitura de Pará de Minas para que a empresa assuma a responsabilidade pela realização de obras que garantam o abastecimento de água do município.


Na ocasião, o prefeito de Pará de Minas, Elias Diniz (PSD), afirmou que o objetivo do encontro “é fazer um alinhamento para que todos possam falar a mesma linguagem e chegar à um TAC de forma amigável com a Vale”.


Nesta terça-feira, para que as soluções sejam encontradas e os impactos minimizados, o prefeito afirmou que foi criada uma comissão para enviar propostas à comissão nacional em Brasília.


“Nós temos em Brasília uma comissão externa que está fazendo todo um trabalho do impacto que aconteceu em Brumadinho. Diante disso, nós vamos apresentar as diretrizes para que nossos municípios possam ser restabelecido naquilo que foi gerado de prejuízo”, afirmou.








Prefeituras afetadas pelo rompimento da barragem em Brumadinho se reúnem em Pará de Minas
MGTV 2ª Edição – Centro-Oeste




Prefeituras afetadas pelo rompimento da barragem em Brumadinho se reúnem em Pará de Minas


Além de Pará de Minas, um dos municípios atingidos pelos rejeitos é Pompéu. De acordo com o prefeito Ozeias da Silva Campos (PRB), a cidade, que é uma das maiores bacias leiteiras de Minas Gerais, tem pelo menos 100 famílias que dependiam diretamente da água do Rio Paraopeba.



“Nós temos uma extensão territorial muito grande. São mais de 2,5 mil km². Nós temos cinco assentamentos e todos esses assentamentos dependem do fornecimento de água pelo município, com os caminhões-pipa. E essa demanda, ela ampliando devido a este crime que aconteceu, o município fica em uma situação bastante difícil para poder atender a todas as essas demandas”, contou.


Análises feitas pela Fundação SOS Mata Atlântica identificaram a presença de metais pesados na água do Rio Paraopeba — Foto: Reprodução/TV Integração



O TAC prevê que a Vale faça a captação de água para o município a partir do Rio Pará. Para tanto, será construída uma adutora de 47 km de extensão. Além disso, será feito um reservatório com, no mínimo, 50 milhões de litros d’água para suprir as necessidades de abastecimento do município durante o período de estiagem.


Segundo o prefeito de Pará de Minas, Elias Diniz (PSD), na segunda-feira os funcionários da Vale foram até o Ribeirão dos Moreiras, na zona rural da cidade, para construir uma canaleta que direcionará a água para um novo reservatório.


A expectativa é que o local esteja funcionando em até 60 dias. Já a adutora deve ser construída até 15 de maio de 2020. De acordo com o prefeito, o descumprimento parcial ou total da TAC implica em uma multa diária de R$ 100 mil à Vale.


Análises

No dia 4 de fevereiro, uma análise feita por uma equipe da Fundação SOS Mata Atlântica confirmou que o Rio Paraopeba estava morto no trecho que corta Pará de Minas.


Para tentar conter os rejeitos, a Vale instalou três barreiras de contenção ao longo do curso do rio na cidade. No entanto, a análise revelou que as barreiras continham apenas 95% dos rejeitos.


No mesmo dia, o prefeito Elias Diniz decretou situação de emergência em Pará de Minas devido aos prejuízos causados pela contaminação da água.


O relatório final das análises feitas pela equipe da Fundação, divulgado no dia 27 de fevereiro, revelou a presença de metais pesados na água do rio e afirmou que a água do rio estava imprópria para consumoem uma extensão de 305 km.

Projeto que reduzia valor de diaria é rejeitado na Câmara Municipal

Um projeto de resolução que diminuia em 50% o valor dediaria pagos ao vereadores que viajam para representar a Câmara Municipal de Pompeu em outras cidades foi rejeitado por cinco votos a três na reunião desta segunda feira.

O projeto era de autoria do vereador Geradinho do Pompeu Velho e foi apresentado para ,segundo o vereador diminuir os gastos da Câmara Municipal.

O Vereador Geradinho falou ao blogue de sua frustração com a não aprovação do projeto, já os Vereadores que votaram contra o projeto argumentam que a redução das viagens inviabilizaria a ida dos parlamentares ao encontro de deputados em busca de recursos para Pompeu e que os gasto são poucos visto que os Vereadores viajam esporadicamente.

Veja o vídeo abaixo com o desabafo do Vereador Geradinho.

quinta-feira, 14 de março de 2019

Operação brilhante da Policia Civil prende traficante e encontra armas e 24 kg de droga em Bom Despacho


 E equipe de Inspetoria da Delegacia de Bom Despacho prendeu mais 24 quilos de drogas em um quintal no bairro Jaraguá em Bom Despacho. Segundo a policia os donos da droga e das armas já haviam sido detidos na segunda passada e portavam diversas armas  e  outros quatro quilos da mesma droga.

Com isso a Policia deu um duro golpe no comercio de drogas e armas na região Centro Oeste  mineira.

Nosso blog parabeniza os policiais envolvidos a meritosa operação.

quarta-feira, 13 de março de 2019

Pompeu se despede de um dos maiores Prefeitos de sua historia



O povo de Pompeu ficou perplexo com a noticia que passou a circular nas redes sociais por volta das 14 horas desta segunda (11) dando conta da morte prematura do Ex prefeito Joaquim de Campos Reis.



Ele foi vítima de infarto d fulminante o que acabou tirando de Pompeu um dos melhores Prefeitos que a cidade já teve. Joaquim da Micapel como era conhecido, foi prefeito de Pompeu por dois mandatos e foi considerado um dos melhores administradores que a cidade teve em toda a sua história.

Centenas de obras marcaram seu mandato mas uma das que mais se destacou foi o Centro Administrativo, onde as Secretarias foram reunidas em um só local levando a economia de milhares de reais com os alugueis que eram pagos.


Milhares de pessoas do povo e autoridades compareceram Câmara Municipal da cidade onde seu corpo foi velado, filas enormes se formara pelas pessoas querendo dar o ultimo Adeus a seu grande líder.

Joaquim faleceu ainda muito jovem e era cotado para ser candidato a prefeito na próxima eleição, ele deixou esposa e quatro filhos, sendo três ainda crianças.

O Marqueteiro Luiz Carlo Brito que trabalhou nas eleições de Joaquim acabou por se tornar amigo do ex  Prefeito e escreveu um poema que reflete bem o perfil do líder que se foi.

"La vai o menino Joaquim a revelia
reencontrar, muito cedo, no céu Dona Fia.
Ele que tantos Campos semeou,
suando a plantar sonhos de um futuro presente
a realizar sua família, a compartilhar com sua gente.
Do seu tempo era um homem à frente,
a sua riqueza transbordava  simplicidade,
a sua alegria extravasava na seriedade.

Fui testemunha da sua dedicação devoção,
de como batia forte, a vida Pompeú no seu coração.
Desbravou fronteiras, abraçou horizontes do mundo,
da pedra ao leite, do cimento ao alimento,
a idosos, crianças e jovens, do conhecimento à fonte

Que a força de sua labuta não tenha sido em vão,
mesmo estando todos gêmeos, de tão sem sem chão
honremos com atitudes a sua vida em oração.
Saudades do amigo, na crítica acolhedor,

tive a honra de tê-lo, na sua grandeza meu admirador,
e a confiança se fez abraços, vitórias conquistadas com amor.
Obrigado Joaquim Campos pela convivência e aprendizado,
Que Deus ilumine, conforte
aos que compartilham sem tamanho essa dor."

Luiz CarloS Brito


Descanse em paz meu amigo.




Prefeito de Abaeté Armandinho Greco fala sobre Joaquim



domingo, 10 de março de 2019

Governador recebe salario atrasado e doa para a Apae de Papagaios.



Zema diz que doou primeiro salário para entidade filantrópica




O governador de Minas publicou vídeo nas redes sociais dizendo que repassou a quantia de R$ 8.796 para a APAE de Papagaios, na região Central









PUBLICADO EM 10/03/19 - 17h55




FRANSCINY ALVES




O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), publicou um vídeo em seus perfis nas redes sociais, na tarde deste domingo (10), em que diz que doou o primeiro salário que recebeu como governador para a APAE localizada na cidade de Papagaios, na região Central do Estado. O empresário conta que conheceu o local durante a campanha eleitoral, no ano passado.




Desde fevereiro de 2016, os servidores do governo estadual têm recebido os vencimentos e até mesmo o 13º salário de forma parcelada. Diante disso, no período eleitoral Zema firmou compromisso em cartório em que atestava que não iria receber o salário até que o todo funcionalismo público estivesse recebendo em dia.




Contudo, a Lei 16.658/2007, que trata da remuneração dos cargos, determina que ele não pode abrir mão da remuneração. E, por isso, segundo o governador, ele optou por doar o valor integral para instituições filantrópicas. Hoje, o salário do governador está fixado em R$ 10.500, e a quantia líquida é de R$ 8.796. Zema também mostrou no vídeo o documento da transação bancária.




“Sabemos que o valor é pouco para as necessidades da instituição, a APAE necessita de muito mais verba, porém acredito que seja uma forma de ajudar quem precisa. Continuo trabalhando para que os mineiros tenham acesso a serviços básicos, como saúde, educação e segurança. É assim, governando de uma maneira diferente, que vamos, passo a passo, tirar Minas do vermelho”, diz a legenda do vídeo.






Homem morre afogado ao tentar salvar cavalo em São Gonçalo do Pará

Resultado de imagem para cavalo atolado
Imagem ilustrativa
Caso ocorreu na região conhecida como Morrinhos.


Uma pessoa do sexo masculino, que não teve a idade divulgada, morreu afogado na tarde desta sexta-feira (8) em uma fazenda na região conhecida como Morrinhos em São Gonçalo do Pará.


Denilson Tier da Silva trabalhava no local e entrou na água para tentar ajudar a retirar um cavalo, que estava atolado. Na volta tentou nadar até a margem, mas não conseguiu e acabou se afogando. Ele foi retirado por outras pessoas, mas já estava sem vida.


A Polícia Militar (PM) foi acionada e compareceu ao local. O corpo foi removido pela funerária.

sábado, 9 de março de 2019

Polícia vai aceitar acordo com o Governo de Minas sobre 13 diz Sindicato.



Categoria deve aceitar proposta do governo de parcelar o benefício em duas vezes

PUBLICADO EM 28/02/19 - 03h00

Ana Luiza Faria

O presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindpol), José Maria de Paula, afirmou nesta quarta-feira, 27, que a categoria deve aceitar a proposta feita pelo governo do Estado, de pagar 80% do 13º salário até maio e o restante em junho desse ano. “Vamos nos reunir ainda nesta semana, mas acredito que vamos fechar o acordo sobre o pagamento do benefício”, afirmou o líder sindical. 

A proposta foi apresentada na última sexta-feira pelo governador Romeu Zema (Novo), em um reunião com nove deputados estaduais e federais. O encontro ocorreu simultaneamente a uma manifestação dos servidores da segurança pública, que cobravam, além do pagamento integral e imediato da bonificação natalina, o pagamento do salário sem escalonamento e no quinto dia útil, recomposição salarial e melhoria nos institutos previdenciários do Estado, como o Ipsemg.

Para o deputado federal Subtenente Gonzaga (PDT-MG), que participou da negociação com o governo, apesar do indicativo da aceitação da proposta, os servidores da categoria vão permanecer lutando pelos outros itens reivindicados, mas que não foram abordados pelo governo até o momento. 

Ao contrário das críticas em relação a uma suposta falta de cobrança da categoria ao governo de Fernando Pimentel (PT), o parlamentar enumerou manifestações feitas pela segurança pública durante a gestão petista. “Começamos os atos em janeiro de 2016, fechamos a MG-10, a praça Sete e a praça da Liberdade. Essa não é uma ação contra Romeu Zema”, contou. 

Ele afirmou ainda que o governador do Partido Novo, ao contrário de Pimentel, mantém o diálogo com os representantes da categoria. “O Pimentel nunca nos recebeu”, disparou. 

terça-feira, 5 de março de 2019

Policiais federais franceses que que combatem o terrorismo vem a procura de paz no Brasil e são esfaqueados por ladrões no Carnaval em BH

Foto: Street View

Dois policiais franceses que passam o Carnaval em Belo Horizonte foram esfaqueados durante uma tentativa de assalto na avenida dos Andradas, próximo ao número 1.270, Região Leste de BH, na noite dessa segunda-feira (4). De acordo com a Polícia Militar (PM), os turistas franceses, ambos de 38 anos, reagiram e acabaram golpeados. Um foi atingido no peito e o outro nas costas. Eles foram socorridos por guardas municipais e levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital. O autor fugiu e não foi encontrado. Os franceses foram identificados como Sebastian Cayol e Lucas Dru.

“São turistas da França e, infelizmente, reagiram a uma tentativa de roubo e foram golpeados. Foram atendidos imediatamente e, segundo informação repassada pelo hospital aos militares que fizeram o boletim de ocorrência, não correm risco de morte”, disse à Itatiaia o capitão Cristiano Araújo, assessor da sala de imprensa da PM. "Foi confirmado que são policiais franceses", acrescentou. Ouça aqui a entrevista completa

Vacapeu, Pompeu tem o Carnaval avacalhado e Martinho Campos se torna a opção Bataratona.



Enquanto Pompeu asa vacas pastam alegremente nas ruas desertas no Domingo de Carnaval em Martinho Campos a famosa Baratona faz a cidade tremer de alegria com milhares de foliões nas ruas.

Do melhor carnaval de Minas Pompeu se tornou a cidade das vacas cavalos e buracos nas ruas.

O lado bom e que pelo menos até agora, ninguém foi executado durante o carnaval em Pompeu.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Depois de tiroteio policia prende assaltantes em Papagaios


Roubo ocorreu no Anel Rodoviário. Ajudante do motorista do caminhão dos Correios teria participado do crime, segundo a PM.


Por G1 Centro-Oeste de Minas



Caminhão havia sido roubado em Belo Horizonte — Foto: Polícia Militar/Divulgação



Cinco pessoas foram detidas nesta quarta-feira (27), em Papagaios, por suspeita de envolvimento em assalto a um caminhão dos Correios em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), houve troca de tiros durante a ação e o motorista do veículo, de 57 anos, e o ajudante dele, de 36 anos, ficaram feridos.


O motorista do caminhão disse aos policiais que havia sido rendido pelos ladrões armados em um carro no Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, anunciaram o assalto e o colocou no porta-malas do carro usado pelos criminosos juntamente com o ajudante dele.


A Polícia Militar recebeu informações de que o caminhão seria descarregado em um sítio na região de Papagaios. A PM se deparou com o carro usado no crime em uma estrada rural de acesso à rodovia MG-060.


Veículo usado no crime foi apreendido — Foto: Polícia Militar/Divulgação


Os ocupantes reagiram à abordagem com tiros e ainda tentaram jogar o veículo contra os policiais. Os militares revidaram, os suspeitos ainda tentaram fugir por um matagal, mas foram contidos.


Dentro do veículo a polícia encontrou um revólver e outros objetos relacionados ao crime, além das duas vítimas no porta-malas. Também foi constatado que a placa do carro era clonada.


O caminhão roubado foi encontrado pouco tempo depois, na entrada de Papagaios, com dois ocupantes. A dupla também tentou fugir pulando telhados de casas, segundo a PM. Após serem abordados, eles informaram que o ajudante do motorista, de 36 anos, teria participação no crime.



De acordo com a PM, todos os envolvidos, com idades entre 21 e 36 anos, têm passagens por furtos, roubos, receptação e outros crimes. Os veículos e materiais apreendidos foram encaminhados à Polícia Federal em Belo Horizonte.


Caminhão foi localizado na entrada da cidade de Papagaios — Foto: Polícia Mi

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Cobrapeu: moradores de Pompeu em pânico com cobras aparecendo na cidade.



O blogue recebeu diversas denuncias de cobras que apareceram na porta das casas em Pompeu, o que essas casas têm em comum é o fato de estarem próximas e locais onde ha um deposito clandestino de lixo.

Pessoas da comunidade usam esses locais para jogar todo o tipo de lixo e de entulho, Nós visitamos um desses locais a casa da moradora Cíntia Mendonça, onde apareceu uma das cobras.
Este local possui uma montanha de entulho e lixo em frente da casa. Lá crianças brincam inocentemente.

Omissão.


O Executivo não fiscaliza este tipo de atividade e com isso pessoas sem escrúpulos tornam a vida dos outro moradores um inferno.
Pedimos a moradora e os demais que fotografem estas pessoas quando estiverem depositando o lixo no local, iremos pedir a instalação de um inquérito policial para colocar essas pessoas na cadeia por crime ambiental.

Esperamos a colaboração de todos pois amanha poderá ser você ou um filho seu picado por cobras em `Pompeu

Prefeitura de Pompeu se reúne com representantes da Vale

Delegado nascido em Leandro Ferreira Assume o 7º Departamento de Divinopolis

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Pompeu submersa em um lamaçal de violência tem mais um tiroteio nesta madrugada de sexta


Carro atingido por tiros em Pompeu

Mais uma noite de pânico para os moradores do Bairro Trevo em Pompeu, desta vez foi um motoqueiro que passou atirando e teria baleado um jovem que  se encontrava na rua.

Os vizinhos acordaram com os disparos e se protegeram deitando no chão de suas residências.

Pompeu se tornou uma cidade onde a violência se tornou regra e a matança já faz parte do cotidiano do Pompeano.


Os badalados Olho Vivo, câmeras que monitoram parte da cidade, de nada adiantaram e nunca houve tanta violência em Pompeu.

A policia prendeu na mesma noite um menor portando uma espingarda calibre 12 mas, por se menor, o jovem foi liberado.

 No carnaval que está  chegando, a fantasia mais apropriada será o  colete a prova de balas.

Que Deus proteja a nós e a nossos familiares.



terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Namorada e mãe entram na frente para salvar filho levam tiros e a namorada morre em Pompeu



Uma adolescente, de 17 anos, mãe de um nenem de 2 meses morreu e uma idosa, de 70 anos, foi baleada na cabeça no início da tarde desta terça-feira (19). O crime foi registrado no Bairro Santo Antônio em Pompéu.


De acordo com informações preliminares da Polícia Militar (PM), um suspeito do sexo masculino que não teve a idade confirmada, invadiu a residência em que as vítimas estavam para cobrar uma dívida referente ao tráfico de drogas.


A residência fica junto com outra casa onde mora uma pessoa do sexo masculino, que seria o alvo do suspeito. Conforme a PM, o suspeito invadiu o local e efetuou vários disparos contra a vítima do sexo masculino. A adolescente, que seria a namorada do alvo, e sua mãe, que também estavam na casa, foram atingidas.


Ainda não há informações se a vítima do sexo masculino foi alvejada. A menor morreu no local. Já a idosa está internada em uma unidade de saúde não divulgada pela polícia e, segundo a corporação, dois projéteis pararam no crânio da vítima e não atingiram o cérebro.


O suspeito já foi identificado, mas ainda não foi localizado pela Polícia Militar. Quem tiver informações que ajudem na apuração podem repassar, de forma anônima, pelo telefone da PM, 190, ou pelo Disque Denúncia Unificado (DDU), 181.

Bandidos arrombam agencia do Sicoob em Dores do Indaiá.


Segundo a policia, indivíduos não identificados arrombaram a agência da Caixa Econômica Federal e agência do Banco Sicoob Coop Cred da cidade de Dores do indaiá. 



Segundo contato do monitoramento das agências da cidade de Belo Horizonte que visualizaram 03 (três) indivíduos, aparentemente portanto fuzis, trajando colete e toca ninja, desembarcaram de um automóvel, semelhante a pickup Fiat Strada, cor branca, forçando a entrada nas agências. 



Que o dispositivo de cortina de fumaça da CEF foi acionado. Ainda, segundo o monitoramento que um dos indivíduos efetuou disparos contra as câmeras externas da CEF. 


Posteriormente os autores desistiram da ação na CEF e deslocaram em direção à agência do Banco Sicoob Coop Cred, onde arrombaram a porta de vidro e também a porta de metal, porém também desistiram da ação, evadindo sentido não sabido. Foi acionado o Plano de Chamada e Cerco/bloqueio das cidades circunvizinhas.

Matança continua: jovem é executado com doze tiros dentro de casa em Pompéu

Segundo a policia, após denúncia de diversos disparos de arma de fogo na Rua Ozéias Cordeiro Valadares, militares deslocaram para o local, onde depararam com J. segurando a vítima D.S.F,16 anos,nos braços, do lado externo da casa, com diversas perfurações de arma de fogo. 

A vítima foi encaminhada ao PAM, ainda consciente, sendo constatado após atendimento médico, 04 perfurações de arma de fogo, 02 no tórax, 02 nos glúteos e 03 no crânio, totalizando 11 perfurações.

A viatura de reforço deslocou para o final da rua para tentar evitar evasão dos autores, porém, ao passar em frente a residencia Sr. P. R. correu até a viatura e pediu socorro para seu filho/vítima A.A.S, 15 anos, o qual estava com uma perfuração de arma de fogo no pescoço.

A vítima A foi socorrida na viatura policial, relatando que recebeu uma ligação dizendo que D havia sido alvejado e quando foi sair de casa para deslocar à casa de D, foi surpreendido pelos autores que já estavam na porta de sua residência.

Os homens efetuaram vários disparos em sua direção.

A mãe do rapaz presenciou tudo e pediu aos autores que não matassem seu filho mas eles invadiram o quarto do jovem e dispararam dezenas de tiros sendo que onze acertaram a vitima.

Ele foi socorrido mas morreu durante o atendimento médico.

Com mais este caso já são seis os mortos em Pompeu só no ano de 2019, se esta estatística prosseguir  a cidade se tornará a mais violenta do Brasil em 2019.

Que Deus proteja as nossas famílias.


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Homem é filmado furtando bicicleta em supermercado em Pompéu



Vitima de furto de bicicleta pede ajuda só blog para encontrar a bicicleta e obladrao.

O furto aconteceu e foi filmado pelas camecâmdo Supermercado Ki bocada na tarde deste domingo.

Veja o vídeo e ajude a identificar o ladrão.

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Sem dinheiro e depois de denuncia de corrupção Pompeu fica sem carnaval pela primeira vez em 17 anos.


A irregularidade denunciada na Câmara Municipal e falta de recursos levou a prefeitura de Pompéu, a cancelar a festa








A folia vai passar longe de cerca de 200 municípios mineiros neste carnaval. A crise financeira agravada pelo atraso dos repasses constitucionais e a debandada de investidores para a festança de Belo Horizonte fez com que muitas prefeituras cancelassem a festa em 2019. Entre as cidades sem carnaval há desde municípios pequenos como Espera Feliz, Zona da Mata de Minas Gerais, a figurões da folia, como Abaeté e Pompéu, região Central.


Apesar do rápido crescimento do carnaval belo-horizontino, que espera receber quase 5 milhões de foliões neste ano, o grande obstáculo para a realização das festas no interior é a falta de repasse que têm prejudicado essencialmente serviços básicos como a saúde e a educação.


O presidente da Associação Mineira de Municípios e prefeito de Moema, Julvan Lacerda (MDB), afirmou que, nas atuais circunstâncias, se trata de uma política compreensível a ser adotada pelas cidades. “Os municípios estão quebrados e nós optamos por manter uma postura coerente, não podemos realizar o Carnaval se falta verba para o transporte escolar e para a saúde”, comentou.


O município de Abaeté tinha uma das festas de Carnaval mais tradicionais do Estado e chegou a receber mais de 40 mil pessoas em uma única edição. No entanto, em 2019, a prefeitura do município optou por tentar assegurar o pagamento de fornecedores ao invés de investir na festa. "Não tem como fazer Carnaval e deixar de gastar com saúde e educação", comentou o secretário de governo da cidade, Armando Greco Neto. O município aparece como um dos "prejudicados" pelo crescimento da festa na capital. "Os empresários investiam nas festividades em Abaeté, mas parece que no ano passado o Carnaval aqui deu prejuízo, BH entrou com tudo e o fluxo na cidade diminuiu. Não tínhamos como investir sozinhos e a recomendação do Ministério Público é de que não fizéssemos a folia", explicou Neto.


Carnaval de rua pode acontecer



Em Pompéu, outra cidade tradicional para belo-horizontinos que saíam da capital há alguns anos para “pular Carnaval”, o cancelamento foi motivado pela incerteza diante do repasse. A secretária de Educação, Cultura e Turismo, Fabiana Cristina Moura contou que a festa em 2018 já havia sido feita com muito sacrifício e a ausência do repasse desde o ano passado fez com que a decisão de cancelar o Carnaval fosse tomada ainda em dezembro.


Ao contrário do que pudesse ser esperado, segundo Moura, a população de Pompéu recebeu bem a notícia do cancelamento do Carnaval. "No ano passado, tivemos que suspender eventos por falta de repasse e a população, desta vez, foi bastante compreensiva. Nós sabemos que receberemos menos turistas e a renda do município cairá em relação a outros anos, mas nós precisávamos dessa gestão financeira para não sofrermos consequências maiores depois", contou.


Apesar disso, três blocos de Pompéu decidiram sair às ruas durante o Carnaval por conta própria com o apoio da Polícia Militar. "A prefeitura não está custeando nada, não teremos um centavo de gasto", garantiu a secretária.


Milagre de Carnaval



Às vésperas do início oficial da folia, a prefeitura de Pimenta, que também anunciou o cancelamento do Carnaval há algumas semanas, resolveu disponibilizar R$ 30 mil para que a população curtisse o feriado prolongado.


O secretário de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo da cidade, Paulo Sérgio Esteves, informou que haveria um Carnaval com entrada paga na cidade organizada pelo Sindicato dos Produtores Rurais. Diante da oportunidade, a Câmara de Pimenta aprovou um repasse para liberar a entrada para a população pimentense na sexta-feira da folia. "Nós não conseguiríamos fazer o nosso próprio Carnaval por falta de repasse do ICMS, que não recebemos desde outubro do ano passado. Mas surgiu a oportunidade por um custo bem abaixo do que teríamos", comentou.


Crise fiscal



Apesar do governador Romeu Zema (Novo) ter regularizado os repasses constitucionais para os municípios no mês de fevereiro, o Estado ainda deve para as prefeituras mais de R$ 1 bilhão relativos aos repasses do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), relativos ao mês de janeiro.


Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais afirmou que o governo já repassou R$ 3,3 bilhões referentes a ICMS, IPVA e FUNDEB. Em relação aos valores não repassados pelo Governo Pimentel, o órgão informou que "um acordo entre o governo estadual e a Associação Mineira de Municípios está em processo de elaboração". (Com Ana Luiza Faria)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Acidente entre caminhão e carreta deixa dois mortos em Dores do Indaiá



O acidente aconteceu nesta quinta, o caminhão de ração ficou completamente destruído. Os motoristas morrremo e ficaram presos nas ferragens. Veja o resgate.

Policia Civil prende "Chicletinho" em Martinho Campos



A Policia civil prendeu nesta quinta em Martinho Campos  um foragido conhecido por Samuel o  "Chicletinho".  Segundo a Policia ele seria o líder do tráfico de drogas na cidade.

"Sem "Chicletinho " nas ruas Martinho Campos se tornará mais segura" afirmou a Delegada Angelita que comandou a operação.

 Foram apreendidos na residência do mesmo, drogas, balança de precisão e aparelhos de celular.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Jovem de dezesseis anos é executado a tiros no Beco da Tabatinga em Bom Despacho.

A Vitima Bruno


O jovem Bruno Henrique Mota de 16 anos foi morto a tiros na noite deste domingo (10) no Beco da Tabatinga no Bairro Ana Rosa em Bom Despacho.

O Perito Experidiao Porto esteve no local e constatou que o jovem foi atingido por mais de sete disparos de armas de fogo. Ele acsboa morrendo no local.

A Policia Militar aprendeu dois menores que seriam os autores deste homicídio, na delegacia um deles assumiu ter atirado e jogado a  arma em um matagal. A Polícia Civil vai investigar o casso.

Veja o vídeo do local abaixo:

Cão morre para salvar o dono de pistoleiros em Pompeu

Um cão da raça Pitbull acabou morrendo depois de ser atingido por vários disparos nesta sexta (8) em no Bairro Volta do brejo em Pompeu.

Segundo informações que só agora foram confirmadas pelo Blog três pistoleiros invadiram uma casa para matar seu morador, porem eles não contavam com a coragem do cão que os atacou, segundo relatos mesmo depois de atingido pelos tiros o cachorro continuou a atacar os agressores, com isso o morador teve tempo de fugir do local.

O corpo do cão herói foi encontrado depois com vários disparos.

O fato comoveu muitas pessoas na cidade que depois de ter quatro homicídios no mês de janeiro teve sua primeira vitima canina.

As armas usadas foram encontradas e apreendidas pela Policia.

Matança vai continuar afirma menor.


Há alguns dias a Policia Militar prendeu três pessoas fortemente armadas em Pompeu, eles portavam armas pesadas dentre elas uma pistola do uso exclusivo e roubada da Policia Civil de São Paulo. Um dos detidos, um menor de idade afirmou perante os policiais que matará o seu desafeto que teria matado o seu amigo. Mesmo nestas condições, por ser menor de idade ele foi entregue a sua mãe na mesma noite da prisão.

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Homem morre e mulher é internada depois de beber cachaça supostamente envenenada em Pompeu



José Campos de Freitas Filho morreu em Pompeu nesta sexta depois de ingerir um cachaça supostamente envenenada.

Sua esposa também está internada e foi transferida para Sete Lagoas. Segundo o laudo da Médica que atendeu a vítima em Pompeu ele chegou ao local apresentando hemorragia e convulsões, um quadro clinico que se assemelha ao de envenenamento


O corpo foi levado para Bom Despacho e a Pericia colheu amostras para os exames.

A cachaça também foi apreendida e será examinada para a verificação se está ou não com veneno.

O resultado deve sair nos próximos dias.

veja o video.

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Garoto de dez anos é executado a tiros em Papagaios, suspeitos seriam de Pompeu.






Uma criança, de 10 anos, morreu durante um tiroteio nesta quinta-feira (31) no Bairro Nossa Senhora Aparecida, em Papagaios. Segundo a Polícia Militar (PM), outras três pessoas ficaram feridas. Duas delas tem envolvimentos com crimes. Ninguém foi preso.


Um jovem, de 23 anos, que foi atingido por um tiro de raspão na orelha, disse aos policiais que estava com outros quatro amigos próximo a um bar, na Avenida Luiz Lobato, quando um carro se aproximou e os ocupantes atiraram várias vezes. Em seguida fugiram.


Segundo a PM, o menino passava pela rua quando foi atingido pelos disparos. Ele teve ferimentos no rosto e no peito, chegou a ser socorrido por terceiros até o Hospital Municipal, mas não resistiu. O corpo dele foi encaminhado ao IML de Pará de Minas.


Um dos amigos dele, de 29 anos, foi atingido no peito e também foi levado por pessoas que estavam no local ao hospital da cidade, mas precisou ser transferido para a unidade de Sete Lagoas.


Segundo a PM, os dois têm várias passagens, entre elas pelo crime de tráfico de drogas e roubo.


Um homem, de 56 anos, que estava dentro de uma casa levou um tiro na mão. Ele também recebeu atendimento médico no Hospital de Papagaios.




Investigação




A suspeita é de o crime seja acerto de contas ou vingança. A Polícia Civil vai investigar o caso. De acordo com a PM, dois suspeitos do crime foram identificados e seriam de Pompéu, contudo até esta publicação ninguém foi preso.


Quem tiver informações que ajudem na apuração podem repassar, de forma anônima, pelo telefone da PM, 190, ou pelo Disque Denúncia Unificado (DDU), 181.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Lama que matou poderia ter sido usada para construção de casas e estradas.



Pesquisas da Escola de Engenharia transformam rejeito de minério em cimento, areia e pigmentos

O Brasil conheceu, de forma assustadora, no episódio do deslizamento de barragem em Mariana, o potencial de destruição do acúmulo do rejeito de minério de ferro. Poucos sabem também que esse rejeito pode ser reciclado. Pesquisadores da Escola de Engenharia da UFMG detêm tecnologia para transformar rejeitos e estéreis de minerações de ferro, bauxita, fosfato e calcário em produtos como cimento – para construção de blocos, vigas, passeios, estradas –, areia – que pode alimentar a indústria de vidros e de chips de computador – e pigmentos, para a produção de tintas, por exemplo.


Casa erguida em Pedro Leopoldo com rejeitos e esteréis de mineraçãoAcervo da pesquisa

Diversas pesquisas são realizadas no Laboratório de Geotecnologias e Geomateriais do Centro de Produção Sustentável da UFMG, em Pedro Leopoldo (MG), em conjunto com empresas brasileiras, universidades federais, instituições internacionais e com apoio da Fapemig e do BDMG. A unidade conta com planta-piloto de calcinação flash (queima controlada) automatizada, com capacidade de produção de 200 kg/hora. A calcinação flash (CF) possibilita o processamento de microparticulados, algo que não pode ser realizado nos fornos convencionais. Essa propriedade da CF favorece a transformação de compostos mineralógicos das matérias-primas como rochas estéreis e rejeitos de tratamento em ligantes de alta resistência que geram, por exemplo, o ecocimento.

"Da mesma forma que os antigos aproveitavam a propriedade pozolânica [de reagir com outras substâncias para gerar um ligante] das cinzas vulcânicas e da argila, é possível submeter estéreis de mina e lama de barragens à calcinação ultrarrápida para obter cimentos e outros derivados", afirma o professor Evandro Moraes da Gama, do Departamento de Engenharia de Minas. Ele coordena o Laboratório de Geotecnologias e Geomateriais, ao lado do professor Abdias Magalhães Gomes, do Departamento de Engenharia de Materiais de Construção. Evandro da Gama salienta que é possível aglomerar o rejeito em forma de pelotas – como se faz com o próprio minério – em pilhas, com 100% de segurança, dispensando a utilização da água e eliminando a estocagem de rejeitos em barragens. "Essas pilhas seriam verdadeiros estoques de matéria-prima para os ecoprodutos", diz.

O pesquisador explica que os solos do Hemisfério Sul – lateríticos e cauliníticos – são mais fáceis de ser encontrados. "Aqui, o tratamento do solo gera produto final mais rico em propriedades pozolânicas. As rochas alteradas e intemperizadas são pulverulentas, e a granulometria natural é favorável à calcinação flash. Como são muito finas e próximas de sua forma cristalográfica, as partículas são transformadas, após a calcinação, em metassubstâncias minerais, que criam superfícies específicas muito grandes. Dessa forma, podem ‘agarrar’ com mais facilidade outras partículas minerais. Isso gera o cimento."

Estéril e rejeito

O estéril de mina é formado por rochas que não contêm o minério de ferro, mas precisam ser retiradas junto com o itabirito, por exemplo, para fazer a chamada cava de mina e possibilitar a atividade da mineração. "Esse estéril é reunido em depósitos controlados que não levam água e representam importante passivo ambiental. Quando a água passa por esses depósitos, são gerados produtos indesejáveis com impacto sobre rios e florestas", comenta Evandro da Gama.

A lama e o rejeito arenoso são levados para barragens, obras geotécnicas de terra, feitas com técnicas da década de 1960. São obras frágeis e de risco


O rejeito, por sua vez, é formado pela concentração do ferro no tratamento e tem natureza argilosa e arenosa. O uso de água no tratamento forma a lama. "A lama e o rejeito arenoso são levados para barragens, obras geotécnicas de terra, feitas com técnicas da década de 1960. São obras frágeis e de risco", diz o professor.
Nos anos 1990, no Brasil e em outros países, segundo Evandro da Gama, começou a se perceber o aumento exponencial de rejeito e estéril de mina. As pesquisas na UFMG destinadas ao aproveitamento desses materiais iniciaram-se há cerca de dez anos, com apoio de empresas e órgãos de fomento do governo.

O professor defende que pesquisas e produção sejam estimuladas por políticas de desenvolvimento, incluindo isenção de impostos e ações de valorização dos produtos ecológicos. "No Brasil, é preciso aproximar a indústria de transformação da indústria da mineração. Parte significativa do passivo ambiental pode ser convertida em matéria-prima para a construção da infraestrutura do país", ressalta Evandro da Gama.

O rejeito arenoso pode ser reaproveitado, por exemplo, como brita para base e sub-base de estradas. Segundo o professor, o volume da barragem que rompeu – cerca de 63 milhões de metros cúbicos – poderia ser transformado em base e sub-base para uma estrada com 3.500 quilômetros ou aproveitado na construção de 120 vilas com 200 casas de 46 metros quadrados de área total, ou seja, 120 povoados do porte de Bento Rodrigues, o subdistrito arrasado pelo rompimento da barragem da Samarco.

Evandro da Gama e Abdias Gomes construíram uma casa de 46 metros quadrados com rejeitos e estéreis de mineração de ferro. "A casa, em exposição no Laboratório de Pedro Leopoldo, tem custo 30% menor na comparação com materiais e metodologia de construção convencionais. E é extremamente confortável", garante Evandro da Gama.

[Matéria publicada no Portal UFMG, seção Pesquisa e Inovação, em 16/12/2015]

Itamar Rigueira Jr.


segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Transexual leva três tiros no rosto em bar em Pompeu e sobrevive


Uma confusão no Bar Esquinão terminou em tiroteio na noite deste domingo.

Segundo a policia a vítima L.M.F.D, 22 anos, iniciou uma discussão com uma mulher de nome T, quando um homem entrou na briga e segundo testemunhas teria tomado tapas e cadeiradas.

Um outro homem que estava no local efetuou cinco tiros contra a vitima.

Segundo os policiais os tiros atingiram o rosto da vítima que foi socorrida e sobreviveu sendo encaminhada  para o hospital de Sete Lagoas.

A Policia investiga o caso